sicnot

Perfil

Mundo

Hillary Clinton rejeita envio de tropas para a Síria e Iraque

A ex-secretária de Estado e pré-candidata democrata à Presidência dos EUA Hillary Clinton manifestou-se contra o envio de tropas para a Síria e Iraque para combater o grupo extremista Daesh, durante um debate no domingo.

A ex-secretária de Estado e pré-candidata democrata à Presidência dos EUA Hillary Clinton manifestou-se contra o envio de tropas para a Síria e Iraque para combater o grupo extremista Estado Islâmico.

A ex-secretária de Estado e pré-candidata democrata à Presidência dos EUA Hillary Clinton manifestou-se contra o envio de tropas para a Síria e Iraque para combater o grupo extremista Estado Islâmico.

© Randall Hill / Reuters

"Absolutamente não", respondeu Clinton, quando questionada sobre o assunto durante o último debate entre os pré-candidatos democratas, em Charleston.

Clinton sublinhou que o seu plano não inclui "forças no terreno", mas apenas ataques aéreos da coligação internacional liderada pelos Estados Unidos que está a combater o Estado Islâmico.

"Acredito que temos de interromper a sua cadeia de recrutamento de combatentes estrangeiros e de [angariação] de dinheiro vindo do estrangeiro. E temos de os combater na Internet", destacou.

O seu principal rival, o senador Bernie Sanders, também assinalou a sua oposição à presença de "tropas norte-americanas em guerra perpétua" e sublinhou que a "grande prioridade" na Síria é "destruir o Estado Islâmico".

Já o terceiro aspirante a candidato democrata, Martin O'Malley, apelou à criação de "alianças internacionais" para reforçar a luta contra os extremistas.

O debate, transmitido no canal NBC, acontece 15 dias antes do 'caucus' (assembleias populares) no estado do Iowa, a 01 de fevereiro, que representa o início das eleições primárias no país.

Lusa

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.