sicnot

Perfil

Mundo

Hillary Clinton rejeita envio de tropas para a Síria e Iraque

A ex-secretária de Estado e pré-candidata democrata à Presidência dos EUA Hillary Clinton manifestou-se contra o envio de tropas para a Síria e Iraque para combater o grupo extremista Daesh, durante um debate no domingo.

A ex-secretária de Estado e pré-candidata democrata à Presidência dos EUA Hillary Clinton manifestou-se contra o envio de tropas para a Síria e Iraque para combater o grupo extremista Estado Islâmico.

A ex-secretária de Estado e pré-candidata democrata à Presidência dos EUA Hillary Clinton manifestou-se contra o envio de tropas para a Síria e Iraque para combater o grupo extremista Estado Islâmico.

© Randall Hill / Reuters

"Absolutamente não", respondeu Clinton, quando questionada sobre o assunto durante o último debate entre os pré-candidatos democratas, em Charleston.

Clinton sublinhou que o seu plano não inclui "forças no terreno", mas apenas ataques aéreos da coligação internacional liderada pelos Estados Unidos que está a combater o Estado Islâmico.

"Acredito que temos de interromper a sua cadeia de recrutamento de combatentes estrangeiros e de [angariação] de dinheiro vindo do estrangeiro. E temos de os combater na Internet", destacou.

O seu principal rival, o senador Bernie Sanders, também assinalou a sua oposição à presença de "tropas norte-americanas em guerra perpétua" e sublinhou que a "grande prioridade" na Síria é "destruir o Estado Islâmico".

Já o terceiro aspirante a candidato democrata, Martin O'Malley, apelou à criação de "alianças internacionais" para reforçar a luta contra os extremistas.

O debate, transmitido no canal NBC, acontece 15 dias antes do 'caucus' (assembleias populares) no estado do Iowa, a 01 de fevereiro, que representa o início das eleições primárias no país.

Lusa

  • Milhares protestam contra Donald Trump no Dia do Presidente
    1:55

    Mundo

    Milhares de pessoas voltaram a protestar contra Donald Trump, nos Estados Unidos da América. As marchas em várias cidades aconteceram no feriado que assinala o Dia do Presidente. Os manifestantes exigiram a destituição do chefe de Estado.

  • O mistério da morte do meio irmão de Kim Jong-un
    2:32
  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Homens e mulheres nas tarefas domésticas
    2:09

    País

    Nas gerações mais novas, já há sinais de mudança na divisão e partilha de tarefas em casa. No entanto, entre os mais velhos, as tarefas de casa são quase sempre obrigação da mulher. A igualdade entre homens e mulheres é ainda miragem dentro de casa e em termos de salários.