sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte anuncia produção de bebida alcoólica livre de ressaca

Especialistas norte-coreanos anunciaram que conseguiram produzir aquela que será uma das bebidas mais procuradas do mundo, uma bebida alcoólica que não causa a indesejada ressaca. De acordo com o jornal estatal Pyongyang Times, o licor Koryo, feito a partir de ginseng, não causa ressaca graças a um novo método de produção.

O líder norte-coreano Kim Jong-un durante uma visita a uma unidade de produção de licor, em maio de 2014.

O líder norte-coreano Kim Jong-un durante uma visita a uma unidade de produção de licor, em maio de 2014.

© KCNA KCNA / Reuters (Arquivo)

O licor Koryo é descrito como sendo "suave", contém entre 30 a 40% de álcool e já é produzido na Coreia do Norte há muitos anos, estando o consumo reservado às elites do país.

A Taedonggang Foodstuff Factory, produtora deste licor, terá feito algumas alterações à receita original de modo a produzir esta bebida, que apesar de alcoólica está agora isenta de ressaca.

Após vários anos de investigação, esta empresa descobriu um método, no qual usa arroz em vez de açucar no processo de produção, e que impede o consumidor de ter o habitual mal estar e dores de cabeça após a ingestão excessiva da bebida.

Infelizmente, o Koryo só é vendido na Coreia do Norte, o que torna muito difícil comprovar os anunciados efeitos deste licor. Esta não é, aliás, a primeira vez que Pyongyang noticia a criação de um produto miraculoso feito à base de ginseng. Em junho, a Coreia do Norte anunciou o desenvolvimento de um novo medicamento, o Kumdang-2, que alegadamente trata doenças graves como a Sida, tuberculose e cancro.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48