sicnot

Perfil

Mundo

Menina de 3 anos morre sufocada com brinquedo de ovo Kinder em França

Uma menina de 3 anos e meio de Toulouse, no sul de França, morreu sufocada ao engolir um brinquedo, que se encontrava do interior de um ovo de chocolate "Kinder Surpresa", noticiaram hoje os media locais

Na terça-feira foram divulgados os resultados da autópsia e o fabricante italiano Ferrero lamentou, em comunicado, a "triste notícia da morte da uma menina de 3 anos e meio (...) após a ingestão de um brinquedo presente no interior de um ovo de chocolate".

"Até ao momento, e antes de qualquer contacto com as autoridades ou com a família, a Ferrero não está em condições de confirmar ou desmentir a implicação da sua marca Kinder", acrescentou a nota do fabricante.

A Ferrero aconselha este produto para crianças maiores de 3 anos, recomendando a supervisão de um adulto durante a utilização.

O acidente ocorreu no passado fim de semana, depois de a menina ter engolido um brinquedo com rodas, presente no interior do popular ovo de chocolate. Os bombeiros tentaram reanimar a criança, que morreu já no hospital Purpan de Toulouse, na sequência de lesões cerebrais.

Os ovos de chocolate "Kinder Surpresa" são um êxito comercial da Ferrero, desde que foram lançados há mais de 40 anos.

O ovo contém no interior uma cápsula de plástico na qual se encontra um pequeno brinquedo, às vezes em peças para serem montadas pela criança.

  • Incêndios em Portugal - um mês depois
    9:10

    Reportagem Especial

    Regressar a casa para refazer a vida é tudo o que querem as famílias a quem o fogo levou quase tudo, há cerca de um mês. Contudo, esse regresso não tem sido fácil. Depois dos incêndios, famílias e empresas ainda têm de vencer as burocracias. A Reportagem Especial deste sábado regressa a Seia, onde arderam mais de 70 casas de primeira habitação e onde a vida de muitos parece ter entrado num impasse.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.