sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos dois mortos e 22 feridos em atentado suicida em Cabul

Pelo menos duas pessoas foram hoje mortas e 22 ficaram feridas num atentado suicida com viatura armadilhada perto da embaixada da Rússia em Cabul, informaram fontes oficiais à agência noticiosa Efe.

© Ahmad Masood / Reuters


O porta-voz adjunto do Ministério do Interior afegão, Najib Danish, confirmou que o ataque ocorreu perto da representação diplomática da Rússia, e que vários veículos ficaram em chamas. A zona foi isolada pelas forças de segurança.

Este novo atentado, que não foi reivindicado de imediato, ocorreu dois dias após um novo encontro quadripartido que juntou representantes da China, Estados Unidos, Paquistão e Afeganistão em Cabul para tentar relançar o processo de paz entre o Governo afegão e os rebeldes talibãs.

A missão diplomática russa encontra-se na estrada de Dar ul-Aman, uma imensa artéria que liga o centro de Cabul ao antigo palácio real, hoje em ruínas, na zona oeste da capital.

A explosão foi escutada a vários quilómetros e projetou uma espessa nuvem de fumo.

Os talibãs recorrem com frequência aos atentados suicidas com viaturas armadilhadas, na grande maioria dirigidos contra os soldados estrangeiros da NATO e os símbolos do poder afegão.

Os insurretos, envolvidos num conflito desencadeado após o derrube do seu regime em 2001 na sequência da invasão militar dos Estados Unidos, estiveram ausentes da reunião de segunda-feira destinada a relançar o processo de paz, e ainda se ignora quais as fações do movimento que pretendem participar no diálogo.

Apesar do conflito interno sobre o sucessor do mullah Omar, o seu chefe histórico cuja morte foi anunciada no verão, os talibãs têm multiplicado nos últimos meses os atentados e as ofensivas militares no Afeganistão.

Lusa

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08