sicnot

Perfil

Mundo

Explosão e tiroteio junto a restaurante na capital da Somália

Uma viatura armadilhada explodiu hoje junto a um restaurante à beira-mar em Mogadíscio, a capital da Somália, seguindo-se um intenso tiroteio, informou a polícia local.

"Uma viatura armadilhada explodiu frente a um restaurante da praia do Lido e decorre um tiroteio", referiu o agente da polícia Ahmed Bidan em declarações à agência noticiosa AFP.

Numerosos restaurantes, incluindo alguns considerados de luxo e frequentados por homens de negócios e a diáspora somali que regressou ao país, estão situados na praia do Lido.

O ataque não foi reivindicado no imediato, mas os rebeldes islamitas 'shebab', com ligações à Al-Qaida, já efetuarem numerosas ações similares.

Os 'shebab' que pretendem derrubar o governo somali apoiado pelas principais potências internacionais, realizam com regularidade ataques na capital.

Na sexta-feira atacaram, ocuparam e pilharam, no sul do país, uma base queniana da AMISOM, a força internacional da União Africana que apoia as instituições somalis.

Lusa

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.