sicnot

Perfil

Mundo

Japão levantará sanções ao Irão após entrada em vigor do acordo nuclear

O Japão vai levantar as sanções que impôs ao Irão, após a entrada em vigor do acordo sobre o programa nuclear iraniano, anunciou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros japonês, Fumio Kishida.

© POOL New / Reuters

O levantamento das sanções, que inclui a suspensão de investimentos nos setores do petróleo e gás, abre caminho à assinatura de um acordo de investimento entre Teerão e Tóquio, que mantém uma elevada dependência com o exterior em matéria de recursos naturais.

O acordo será assinado "em breve", acrescentou Kishida, num encontro com a imprensa, acrescentando que o Governo nipónico espera "continuar a desenvolver as suas relações tradicionalmente amistosas com o Irão".

O futuro acordo facilitará o investimento japonês no Irão.

As sanções impostas até agora pelo Japão incluem a proibição de realizar contratos a médio e longo prazo com empresas interessadas em exportar e investir no Irão, assim como restrições em fazer negócios com as instituições financeiras iranianas.

A 16 de janeiro, a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) confirmou que Teerão cumpriu as exigências para implementar o acordo nuclear alcançado em julho, em Viena, pelo Grupo 5+1 (Estados Unidos, França, China, Reino Unido, Rússia e Alemanha) e o Irão.

O acordo prevê limitar vários aspetos do programa atómico iraniano durante períodos de entre 10 e 25 anos, em troca do levantamento de sanções.

No mesmo dia, a União Europeia, o Conselho de Segurança das Nações Unidas e os EUA levantaram também as sanções ao Irão.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.