sicnot

Perfil

Mundo

Rajoy rejeita iniciar processo de formação de governo

O presidente do Partido Popular (PP) espanhol, Mariano Rajoy, declinou esta sexta-feira o convite do Rei de Espanha de se submeter a votação de investidura no Congresso dos Deputados, informou a Casa Real espanhola.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Susana Vera / Reuters

A recusa de Rajoy foi anunciada numa nota divulgada após uma reunião do Rei com o presidente do Congresso dos Deputados, Patxi López, que serviria para lhe comunicar o nome do líder partidário que tinha convidado para se apresentar a votação de investidura à presidência do Governo.

Felipe VI deu indicações ao presidente do parlamento para lhe fornecer uma lista dos líderes parlamentares para que possa iniciar uma segunda ronda de audições do palácio real. Ao longo desta semana, o rei ouviu 14 líderes partidários, o último dos quais Mariano Rajoy, na tarde de hoje.

"Dom Mariano Rajoy Brey agradeceu a sua majestade o Rei o convite [para se apresentar a votação para presidente do governo], que recusou", refere a nota da casa real espanhola.

Na quinta-feira, Mariano Rajoy, chefe do governo em funções, tinha declarado que iria apresentar-se a votação no parlamento para ser reeleito, apesar das dúvidas que surgiram devido à falta de acordos do PP com outras forças políticas.

"Evidentemente que vou apresentar a minha candidatura [para votação de investidura no Congresso dos Deputados]. Mais de sete milhões de espanhóis votaram em nós e sinceramente acredito que, na situação em que estamos, um pouco de sensatez e compostura é bem-vindo", disse Rajoy pouco antes de um evento no Museu do Prado, em Madrid.

Rajoy, no entanto, não especificou se se apresentaria a uma primeira votação - na qual necessitaria de maioria absoluta - ou às seguintes (maioria simples).

Com Lusa

  • Rajoy insiste no acordo entre PSOE e Ciudadanos
    1:10

    Mundo

    O primeiro-ministro de Espanha insiste num acordo de governo com o PSOE e o Ciudadanos, para mostrar que existe estabilidade política no país. Sobre as eleições na Catalunha, Mariano Rajoy preferia que Artur Mas pusesse fim à luta pela independência da região, mas na impossibilidade de isso acontecer, defende a realização de novas eleições.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.