sicnot

Perfil

Mundo

Mais de cem presos fogem de prisão em Pernambuco no Brasil

Mais de cem presos fugiram hoje de um estabelecimento prisional na zona oeste do Recife, na capital do Estado brasileiro de Pernambuco, tendo dois deles sido mortos, informou a imprensa local.

(Reuters / Arquivo)

(Reuters / Arquivo)

© Nacho Doce / Reuters

À primeira hora da tarde, um dos muros da prisão Frei Damião de Bozanno, que pertence ao Complexo Penitenciário de Curado, no nordeste do país, foi destruído por explosivos e dezenas de presos conseguiram escapar, segundo informou o Diário de Pernambuco, o mais importante da região.

De acordo com o jornal, que se baseia em números avançados pelo Sindicato de Agentes e Funcionários do Sistema Penitenciário do estado de Pernambuco, a Polícia Militar terá conseguido deter cerca de 40 pessoas, duas das quais morreram.

A fuga aconteceu três dias depois de 53 presos terem escapado da prisão Professor Barreto Campelo de Itamaracá, na área metropolitana do Recife, os quais acabaram por ser capturados.

Lusa

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.