sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 29 mortos em bombardeamentos na Síria

Pelo menos 29 pessoas morreram hoje, entre as quais sete menores, e dezenas ficaram feridas por bombardeamentos de aviões de guerra na periferia da cidade síria de Deir al Zur, onde o grupo terrorista Estado Islâmico lançou uma ofensiva.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Omar Sanadiki / Reuters

A informação foi divulgada pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A Organização Não Governamental (ONG) afirmou que aviões, que não se sabe se eram da Rússia ou do regime sírio, efetuaram vários ataques contra a povoação de Jasham, nas imediações de Deir al Zur.

A fonte admitiu que o número de mortos aumente porque há dezenas de feridos, alguns em estado grave.

Com estas vítimas mortais, aumenta para 73 o balanço de mortos desde sexta-feira por bombardeamentos nas localidades de Jasham, Tabia Yazira e Al Bulail, todas elas no leste da província de Deir al Zur, segundo o relato do Observatório.

Em declarações à agência Efe através de internet, o diretor executivo da rede de ativistas Deir al Zur 24, Omar Abu Leila, elevou para 50 o número de mortos hoje em Jasham, dos quais 20 foram já identificados, e 65 feridos.

Abu Leila apontou que foi a aviação russa a autora do ataque contra zonas civis nessa localidade.

O ativista acrescentou que a Força Aérea da Rússia lançou hoje também vários bombardeamentos contra as populações de Al Bulail, Al Mayadin, Al Quria, Al Jarita e o monte de Al Hayif, que foi conquistado pelo EI esta semana.

Abu Leila lamentou que os ataques aéreos não tenham como objetivo as áreas onde há confrontos entre o regime e os jihadistas no oeste de Deir al Zur, mas sim em zonas do este da província.

Lusa

  • Negociações para a paz na Síria poderão ser retomadas na 2ª feira
    2:05

    Mundo

    As negociações para a paz na Síria poderão ser retomadas já na próxima segunda-feira, com a presença em Genebra do presidente Bashar al Assad. Enquanto vários países tentam encontrar uma solução diplomática, as organizações não-governamentais apelam ao envolvimento de todos os que querem um desfecho rápido para um conflito a entrar no sexto ano. Mais de 120 ONG juntaram-se à ONU e à UNICEF num forte apelo ao fim do conflito armado.

  • Debate quinzenal no Parlamento: veja em direto e comente

    País

    As políticas de descentralização foram o tema escolhido pelo Governo para o debate quinzenal, mas a situação na Caixa Geral de Depósitos também deve marcar os trabalhos na Assembleia da República. Acompanhe aqui a discussão e participe no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Prioridades para a CGD: cortar custos e aumentar receitas
    2:16

    Caso CGD

    O principal objetivo do plano estratégico para a Caixa Geral de Depósitos, a que a SIC teve acesso, é cortar custos e aumentar receitas. A grande aposta da nova administração passa por apertar as regras para emprestar dinheiro e, por outro lado, recuperar o crédito que não está a ser pago.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.