sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 40 presos recapturados após fuga de cadeia no Brasil

Cerca de 40 presos foram recapturados ou mortos, depois de escaparem de uma prisão sobrelotada no Brasil. Conseguiram fugir, no sábado passado, para as ruas do Recife, fazendo explodir uma das paredes.

Muhammed Muheisen

De acordo com a AFP, a fuga em massa aconteceu no sábado, quando os detidos conseguiram fazer explodir uma das paredes da prisão Frei Damião de Bozanno, uma das mais duras prisões no Brasil.

Os relatos que têm aparecido na comunicação social brasileira dão conta de uma explosão, seguida de dezenas de presos vestidos 'normalmente' a saírem a correr e a misturarem-se com os cidadãos na cidade do Recife.

As autoridades do Estado de Pernambuco disseram ao site da Globo que dos 40 presos que fugiram, 36 tinham sido capturados, dois mortos, um hospitalizado e um outro estava ainda por encontrar.

Esta foi a segunda operação de fuga dos presos desta cadeia, uma das sobrelotadas no Brasil. As instalações foram construídas para albergar 10.500 presos, mas estão lá cerca de 32 mil pessoas, segundo um relatório do ano passado da Human Rights Watch.

Segundo esse relatório, muitos presos são obrigados a dormir no chão e como há menos guardas do que o necessário, a supervisão dos detidos é entregue a outros detidos, que controlam o interior da prisão.

Na semana passada, 53 presos fugiram da cadeia Barreto Campelo, na área do Recife, tendo sido capturados 13 até agora.

Com Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos únicos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Tiroteio em Espanha causa três mortos

    Mundo

    Um tiroteio na cidade espanhola de Teruel, na região de Aragão, fez esta quinta-feira três mortos, entre os quais dois elementos da Guardia Civil. O atirador está em fuga.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC