sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 40 presos recapturados após fuga de cadeia no Brasil

Cerca de 40 presos foram recapturados ou mortos, depois de escaparem de uma prisão sobrelotada no Brasil. Conseguiram fugir, no sábado passado, para as ruas do Recife, fazendo explodir uma das paredes.

Muhammed Muheisen

De acordo com a AFP, a fuga em massa aconteceu no sábado, quando os detidos conseguiram fazer explodir uma das paredes da prisão Frei Damião de Bozanno, uma das mais duras prisões no Brasil.

Os relatos que têm aparecido na comunicação social brasileira dão conta de uma explosão, seguida de dezenas de presos vestidos 'normalmente' a saírem a correr e a misturarem-se com os cidadãos na cidade do Recife.

As autoridades do Estado de Pernambuco disseram ao site da Globo que dos 40 presos que fugiram, 36 tinham sido capturados, dois mortos, um hospitalizado e um outro estava ainda por encontrar.

Esta foi a segunda operação de fuga dos presos desta cadeia, uma das sobrelotadas no Brasil. As instalações foram construídas para albergar 10.500 presos, mas estão lá cerca de 32 mil pessoas, segundo um relatório do ano passado da Human Rights Watch.

Segundo esse relatório, muitos presos são obrigados a dormir no chão e como há menos guardas do que o necessário, a supervisão dos detidos é entregue a outros detidos, que controlam o interior da prisão.

Na semana passada, 53 presos fugiram da cadeia Barreto Campelo, na área do Recife, tendo sido capturados 13 até agora.

Com Lusa

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Reis de Espanha enviam mensagem para funeral das vítimas portuguesas
    0:52
  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13