sicnot

Perfil

Mundo

Banksy denuncia uso de gás lacrimogéneo contra refugiados em Calais

Um novo mural de Bansky, pintado numa parede em frente à embaixada francesa em Londres, acusa a polícia francesa de utilizar gás lacrimogéneo contra os refugiados no campo de Calais.

O mural de Bansky numa parede em frente à embaixada francesa em Londres.

O mural de Bansky numa parede em frente à embaixada francesa em Londres.

banksy.co.uk/

Inspirado pela imagem do musical "Os Miseráveis", o mural representa uma das personagens com os olhos marejados de lágrimas. Uma lata de gás lacrimogéneo está desenhada aos seus pés. Num dos cantos da parede há um QR Code através do qual se acedem a vídeo que mostra a polícia a usar o gás e balas de borracha contra os refugiados em Calais, segundo a BBC.

Cerca de 4.000 migrantes, vindos maioritariamente de África, do Médio Oriente e do Afeganistão, vivem na chamada "selva" de Calais, considerada como o maior bairro de lata de França, na esperança de alcançar o Reino Unido, que consideram como um "eldorado".

A 11 de janeiro foi inaugurado no local um centro de acolhimento, composto por 125 contentores climatizados, para acolher até 1.500 migrantes.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.