sicnot

Perfil

Mundo

Conflito entre pastores e agricultores no nordeste da Nigéria causa 20 mortos

Homens armados presumivelmente pastores da etnia fula mataram um polícia e 19 civis e incendiaram casas no estado de Adamawa, no nordeste da Nigéria, num conflito sobre direitos de pastagem, disse hoje a polícia.

reuters

De acordo com a mesma fonte, tratar-se-á de ataques de vingança após uma disputa sobre colheitas destruídas.

O porta-voz da polícia Othman Abubakar disse à agência France Presse que os ataques ocorreram no concelho de Girei, quando o oficial da polícia morto, com uma equipa, respondeu a um pedido de ajuda da comunidade invadida.

Media locais indicaram um total de 30 mortos nos ataques realizados no domingo de manhã.

Abubakar disse que foram atacadas as aldeias de agricultores de Demsare, Wunamokoh, Dikajam e Taboungo, no concelho de Girei, a menos de 20 quilómetros da capital do estado, Yola.

As disputas entre nómadas e agricultores sobre pastos e acesso à água são vulgares no norte e centro da Nigéria, originando com frequência embates mortíferos

  • "Espero que num prazo muito breve seja tudo esclarecido"
    1:34

    País

    O ministro do Trabalho e da Segurança Social disse hoje que é preciso aguardar pelo resultado da inspeção que está a ser feita às contas da associação Raríssimas. Vieira da Silva espera que tudo seja esclarecido o mais rapidamente possível.

  • As contradições do (ainda) secretário de Estado da Saúde
    1:58

    País

    Antes do pedido de demissão, o secretário de Estado da Saúde foi, na tarde de terça-feira, confrontado com uma série de novos documentos pela reportagem da TVI. Manuel Delgado é confrontado com uma série de acusações e entra, várias vezes, em contradição.

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.