sicnot

Perfil

Mundo

Registo do casamento secreto entre Napoleão e Josephine vai a leilão

O registo do casamento religioso, e secreto, entre Napoleão Bonaparte e Josephine, em 1804, vai ser leiloado em março, em França.

O casamento religioso aconteceu a 1 de dezembro de 1804, um dia antes de Napoleão de coroar imperador na catedral de Notre Dame, na capital francesa. (Arquivo)

O casamento religioso aconteceu a 1 de dezembro de 1804, um dia antes de Napoleão de coroar imperador na catedral de Notre Dame, na capital francesa. (Arquivo)

Jens Meyer / AP

O documento apresenta a assinatura do cardeal Joseph Fesch, que conduziu o casamento católico, a mando do Papa Pio VII, como condição para Napoleão ser coroado imperador.

Napoleão e Josephine já eram casados pelo civil há oito anos, mas o militar foi pressionado a casar-se pela Igreja Católica, numa cerimónia secreta na capela do palácio das Tulherias, em Paris, a fim de evitar um escândalo.

O casamento religioso aconteceu a 1 de dezembro de 1804, um dia antes de Napoleão de coroar imperador na catedral de Notre Dame, na capital francesa.

O registo integra uma coleção de objetos, cartas, pinturas e documentos pertencentes a Napoleão III, sobrinho e herdeiro do imperador francês, e que o atual proprietário, o milionário norte-americano Christopher Forbes, decidiu vender em leilão.

A leiloeira Osenat não adiantou o valor base de licitação do registo do matrimónio católico. Em 2014 o registo do casamento civil de Napoleão foi leiloado por 437.000 euros.

Lusa

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50