sicnot

Perfil

Mundo

Registo do casamento secreto entre Napoleão e Josephine vai a leilão

O registo do casamento religioso, e secreto, entre Napoleão Bonaparte e Josephine, em 1804, vai ser leiloado em março, em França.

O casamento religioso aconteceu a 1 de dezembro de 1804, um dia antes de Napoleão de coroar imperador na catedral de Notre Dame, na capital francesa. (Arquivo)

O casamento religioso aconteceu a 1 de dezembro de 1804, um dia antes de Napoleão de coroar imperador na catedral de Notre Dame, na capital francesa. (Arquivo)

Jens Meyer / AP

O documento apresenta a assinatura do cardeal Joseph Fesch, que conduziu o casamento católico, a mando do Papa Pio VII, como condição para Napoleão ser coroado imperador.

Napoleão e Josephine já eram casados pelo civil há oito anos, mas o militar foi pressionado a casar-se pela Igreja Católica, numa cerimónia secreta na capela do palácio das Tulherias, em Paris, a fim de evitar um escândalo.

O casamento religioso aconteceu a 1 de dezembro de 1804, um dia antes de Napoleão de coroar imperador na catedral de Notre Dame, na capital francesa.

O registo integra uma coleção de objetos, cartas, pinturas e documentos pertencentes a Napoleão III, sobrinho e herdeiro do imperador francês, e que o atual proprietário, o milionário norte-americano Christopher Forbes, decidiu vender em leilão.

A leiloeira Osenat não adiantou o valor base de licitação do registo do matrimónio católico. Em 2014 o registo do casamento civil de Napoleão foi leiloado por 437.000 euros.

Lusa

  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser "derrotada como todos os outros"

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • António Guterres, "o governante mais amado desde sempre em democracia"
    2:27

    País

    António Guterres foi distinguido com o grau de honoris causa pela Universidade de Lisboa. A cerimónia decorreu esta manhã e contou com a presença do Presidente da República e do primeiro-ministro. Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou que Guterres foi o governante mais amado da democracia portuguesa.