sicnot

Perfil

Mundo

Registo do casamento secreto entre Napoleão e Josephine vai a leilão

O registo do casamento religioso, e secreto, entre Napoleão Bonaparte e Josephine, em 1804, vai ser leiloado em março, em França.

O casamento religioso aconteceu a 1 de dezembro de 1804, um dia antes de Napoleão de coroar imperador na catedral de Notre Dame, na capital francesa. (Arquivo)

O casamento religioso aconteceu a 1 de dezembro de 1804, um dia antes de Napoleão de coroar imperador na catedral de Notre Dame, na capital francesa. (Arquivo)

Jens Meyer / AP

O documento apresenta a assinatura do cardeal Joseph Fesch, que conduziu o casamento católico, a mando do Papa Pio VII, como condição para Napoleão ser coroado imperador.

Napoleão e Josephine já eram casados pelo civil há oito anos, mas o militar foi pressionado a casar-se pela Igreja Católica, numa cerimónia secreta na capela do palácio das Tulherias, em Paris, a fim de evitar um escândalo.

O casamento religioso aconteceu a 1 de dezembro de 1804, um dia antes de Napoleão de coroar imperador na catedral de Notre Dame, na capital francesa.

O registo integra uma coleção de objetos, cartas, pinturas e documentos pertencentes a Napoleão III, sobrinho e herdeiro do imperador francês, e que o atual proprietário, o milionário norte-americano Christopher Forbes, decidiu vender em leilão.

A leiloeira Osenat não adiantou o valor base de licitação do registo do matrimónio católico. Em 2014 o registo do casamento civil de Napoleão foi leiloado por 437.000 euros.

Lusa

  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Sondagem prevê vitória de Basílio em Sintra e de Bernardino em Loures
    3:03
  • Menina mexicana encontrada viva sob os escombros nunca existiu
    2:24

    Mundo

    As autoridades mexicanas desmentiram a existência de uma menina de 12 anos sob os escombros da escola da capital. Frida Sofia afinal não existe e ainda ninguém assumiu quem fez circular a notícia. O sismo de magnitude 7,1 fez mais de 290 mortos e mais de 40 pessoas continuam desaparecidas.