sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 50 casos mortais de gripe suína na Rússia em dezembro

Pelo menos 50 pessoas morreram de gripe suína na Rússia no mês passado, de acordo com cálculos da agência AFP baseados em dados das autoridades de saúde regionais, com o vírus a ganhar terreno no país.

© Ilya Naymushin / Reuters

As autoridades de saúde na região de Rostov, no sul, disseram à agência RIA Novosti que mais duas pessoas tinham sucumbido ao vírus, elevando o número de mortos para oito. Já a região vizinha de Volgograd deu conta de 11 mortos por gripe suína.

Estes casos mais recentes somam-se aos de quarto adultos e uma criança na região de Dagestan, às mortes de dois pacientes em Urals e de um em Adygea.

O primeiro caso mortal de gripe suína na Crimeia foi relatado esta semana.

Diversas mortes foram também identificadas nas regiões de Bryank, Belgorod e Vladimir, entre outras.

A ministra da Saúde russa, Veronika Skvortsova, disse, na segunda-feira, que a situação da gripe suína no país estava "totalmente sob controlo".

Na sexta-feira, contabilizavam-se 18 mortes na Arménia por gripe suína desde o início do ano. Na Geórgia, morreram três pessoas e no Irão foram 112 as fatalidades causadas pelo vírus, que levou mais de mil pessoas ao hospital desde novembro.

Um surto de H1N1 motivou um alerta de pandemia da Organização Mundial de Saúde em junho de 2009, depois de emergir no México e Estados Unidos.

O surto matou cerca de 18.500 pessoas em 214 países. O alerta foi levantado em agosto de 2010.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC