sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 50 casos mortais de gripe suína na Rússia em dezembro

Pelo menos 50 pessoas morreram de gripe suína na Rússia no mês passado, de acordo com cálculos da agência AFP baseados em dados das autoridades de saúde regionais, com o vírus a ganhar terreno no país.

© Ilya Naymushin / Reuters

As autoridades de saúde na região de Rostov, no sul, disseram à agência RIA Novosti que mais duas pessoas tinham sucumbido ao vírus, elevando o número de mortos para oito. Já a região vizinha de Volgograd deu conta de 11 mortos por gripe suína.

Estes casos mais recentes somam-se aos de quarto adultos e uma criança na região de Dagestan, às mortes de dois pacientes em Urals e de um em Adygea.

O primeiro caso mortal de gripe suína na Crimeia foi relatado esta semana.

Diversas mortes foram também identificadas nas regiões de Bryank, Belgorod e Vladimir, entre outras.

A ministra da Saúde russa, Veronika Skvortsova, disse, na segunda-feira, que a situação da gripe suína no país estava "totalmente sob controlo".

Na sexta-feira, contabilizavam-se 18 mortes na Arménia por gripe suína desde o início do ano. Na Geórgia, morreram três pessoas e no Irão foram 112 as fatalidades causadas pelo vírus, que levou mais de mil pessoas ao hospital desde novembro.

Um surto de H1N1 motivou um alerta de pandemia da Organização Mundial de Saúde em junho de 2009, depois de emergir no México e Estados Unidos.

O surto matou cerca de 18.500 pessoas em 214 países. O alerta foi levantado em agosto de 2010.

Lusa

  • Assembleia-geral do Sporting marcada para 23 de junho
    2:57
  • Congresso do PS começa hoje na Batalha

    País

    O 22.º Congresso do PS começa hoje, na Batalha, distrito de Leiria, e durante o qual o secretário-geral, António Costa, deverá defender uma linha de continuidade estratégica, procurando, em simultâneo, projetar desafios estruturais que se colocam ao país.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • Juiz impede acesso a informações bancárias e e-mails de António Mexia
    1:50

    País

    No inquérito crime que investiga a EDP, continua um braço de ferro entre o Ministério Público e o juiz de instrução. O magistrado voltou a negar o acesso a informações bancárias e a e-mails de António Mexia, que constavam dos processos da Operação Marquês e do universo Espírito Santo.

  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC