sicnot

Perfil

Mundo

Vírus Zika ameaça Carnaval no Brasil

Vírus Zika ameaça Carnaval no Brasil

A Organização Mundial de Saúde lançou um alerta para o risco do vírus Zika se espalhar pelo continente americano. No Brasil, por seu lado, as autoridades estão preocupadas com o impacto que a infeção pode ter na época de Carnaval que se aproxima.

Entretanto, o Brasil mobilizou mais de 200 mil tropas para os esforços de erradicação "porta a porta" dos mosquitos que transportam o vírus Zika, responsável por causar malformações em fetos, avança a imprensa local.

Os soldados vão deslocar-se às casas de brasileiros em todo o país, distribuindo panfletos e oferecendo conselhos, disse o ministro da Saúde, Marcelo Castro, citado pelo jornal O Globo.

Segundo Castro, o Governo, sob grande pressão para lidar com a crise do vírus Zika, vai também disponibilizar repelente a pelo menos 400 mil grávidas que recebem apoios sociais.

Suspeita-se que o virus Zika cause graves deficiências congénitas em recém-nascidos, incluindo microcefalia, em que os filhos de mulheres infetadas durante a gravidez nascem com cabeças demasiado pequenas.

Um pico de casos na América Latina, particularmente no Brasil, já levou os Estados Unidos e outros países a desaconselharem as grávidas a viajarem para a região, uma recomendação que pode ser lesiva ao Brasil, que se prepara para receber os Jogos Olímpicos em agosto.

O vírus Zika não é transmitido entre humanos e a maioria dos que são infetados recupera dos sintomas, semelhantes aos da gripe, em cerca de uma semana.

O risco é, no entanto, elevado para grávidas e para os seus fetos -- o quadro é agravado pela extrema dificuldade de evitar o contacto com mosquitos em países tropicais.

O Brasil já registou 3.893 casos de microcefalia desde outubro passado. Antes deste surto, a média anual no país era de 160 casos.

Com Lusa

  • Marinha e Exército dão luz verde ao Aeroporto do Montijo

    País

    De acordo com a edição deste domingo do Diário de Notícias, o Exército e a Marinha já comunicaram à Força Aérea disponibilidade para desocupar parcialmente a base aérea e o Montijo se transformar num num aeroporto complementar ao de Lisboa.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.