sicnot

Perfil

Mundo

Vírus Zika ameaça Carnaval no Brasil

Vírus Zika ameaça Carnaval no Brasil

A Organização Mundial de Saúde lançou um alerta para o risco do vírus Zika se espalhar pelo continente americano. No Brasil, por seu lado, as autoridades estão preocupadas com o impacto que a infeção pode ter na época de Carnaval que se aproxima.

Entretanto, o Brasil mobilizou mais de 200 mil tropas para os esforços de erradicação "porta a porta" dos mosquitos que transportam o vírus Zika, responsável por causar malformações em fetos, avança a imprensa local.

Os soldados vão deslocar-se às casas de brasileiros em todo o país, distribuindo panfletos e oferecendo conselhos, disse o ministro da Saúde, Marcelo Castro, citado pelo jornal O Globo.

Segundo Castro, o Governo, sob grande pressão para lidar com a crise do vírus Zika, vai também disponibilizar repelente a pelo menos 400 mil grávidas que recebem apoios sociais.

Suspeita-se que o virus Zika cause graves deficiências congénitas em recém-nascidos, incluindo microcefalia, em que os filhos de mulheres infetadas durante a gravidez nascem com cabeças demasiado pequenas.

Um pico de casos na América Latina, particularmente no Brasil, já levou os Estados Unidos e outros países a desaconselharem as grávidas a viajarem para a região, uma recomendação que pode ser lesiva ao Brasil, que se prepara para receber os Jogos Olímpicos em agosto.

O vírus Zika não é transmitido entre humanos e a maioria dos que são infetados recupera dos sintomas, semelhantes aos da gripe, em cerca de uma semana.

O risco é, no entanto, elevado para grávidas e para os seus fetos -- o quadro é agravado pela extrema dificuldade de evitar o contacto com mosquitos em países tropicais.

O Brasil já registou 3.893 casos de microcefalia desde outubro passado. Antes deste surto, a média anual no país era de 160 casos.

Com Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.