sicnot

Perfil

Mundo

Onda de frio na Tailândia causa 14 mortos e obriga ao encerramento de escolas

Pelo menos 14 pessoas morreram na Tailândia devido à onda de frio que assola o país tropical desde o início da semana e que já obrigou algumas províncias a encerrar escolas, informaram hoje as autoridades.

Pelo menos 14 pessoas morreram na Tailândia devido à onda de frio que assola o país tropical desde o início da semana e que já obrigou algumas províncias a encerrar escolas, informaram hoje as autoridades.

Pelo menos 14 pessoas morreram na Tailândia devido à onda de frio que assola o país tropical desde o início da semana e que já obrigou algumas províncias a encerrar escolas, informaram hoje as autoridades.

© Athit Perawongmetha / Reuters

Fontes do Departamento para a Prevenção e Redução de Desastres disseram à agência Efe que se registaram 12 mortes na quarta-feira devido à queda das temperaturas no norte e nordeste do país, enquanto outros dois corpos foram encontrados na segunda-feira numa província da região central.

O organismo explicou que as vítimas sofriam de doenças crónicas ou relacionadas com o sistema respiratório.

O diretor do Gabinete para a Educação Primária da província de Nan, Chatchai Taptimon, justificou a suspensão das aulas até quinta-feira como uma medida de precaução para algumas escolas localizadas em zonas montanhosas, segundo o jornal Bangkok Post.

Nesta província, no norte do país, as temperaturas desceram hoje abaixo dos dez graus centígrados.

A Tailândia tem um clima tropical com elevada humidade durante todo o ano, com monções entre agosto e setembro. Estas temperaturas registadas, extremamente raras, são atribuídas à onda de frio procedente da China.

Lusa

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.