sicnot

Perfil

Mundo

Polícia exige retirada de ocupantes de reserva no Oregon para evitar "banho de sangue"

As autoridades policiais do condado de Harney, Estados Unidos, exigiram esta quarta-feira a retirada dos últimos ocupantes de uma reserva natural no Oregon (oeste), para evitar um "banho de sangue".

Ammon Bundy (em cima, à esquerda), que liderou o protesto, foi um dos detidos. Bundy explicou que as suas ações foram motivadas pelo pedido de um rancheiro que queria levar as suas 600 cabeças de gado a pastar numa propriedade federal, mas foi impedido de o fazer quando os Serviços de Pescas e Vida Selvagem dos Estados Unidos instalaram ali uma vedação.

Ammon Bundy (em cima, à esquerda), que liderou o protesto, foi um dos detidos. Bundy explicou que as suas ações foram motivadas pelo pedido de um rancheiro que queria levar as suas 600 cabeças de gado a pastar numa propriedade federal, mas foi impedido de o fazer quando os Serviços de Pescas e Vida Selvagem dos Estados Unidos instalaram ali uma vedação.

© Handout . / Reuters

"Já é tempo, para todos, que termine esta ocupação ilegal. Não deve haver um banho de sangue na nossa comunidade", declarou em conferência de imprensa o xerife David Ward, numa referência aos manifestantes que contestam a autoridade do Governo federal.

As declarações do responsável local ocorreram um dia após uma operação policial contra os ativistas, com um balanço de um morto e seis detenções entre os ocupantes das instalações do parque natural.

Ammon Bundy, que liderou o protesto, foi um dos detidos. Bundy explicou que as suas ações foram motivadas pelo pedido de um rancheiro que queria levar as suas 600 cabeças de gado a pastar numa propriedade federal, mas foi impedido de o fazer quando os Serviços de Pescas e Vida Selvagem dos Estados Unidos instalaram ali uma vedação.

A ocupação da reserva natural de Malheur, no Oregon, começou a 2 de janeiro, no seguimento de uma manifestação de apoio a dois rancheiros locais, Dwight Hammond e o seu filho Steven, de 73 e 46 anos, respetivamente, que foram condenados por queimadas não autorizadas em território federal em 2001 e 2006.

Lusa

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00

    País

    O episódio de hoje de Vidas Suspensas envolve uma médica dentista norte-americana e um português. Um exemplo do que acontece a muitos portugueses que casam com estrangeiros: quando se divorciam, coloca-se a questão de saber para que país vão os filhos.

    Hoje na SIC

  • Encontrado corpo da criança que desapareceu na praia de São Torpes
    0:55

    País

    O corpo da criança que tinha desaparecido na praia São Torpes, concelho de Sines, foi encontrado esta manhã fora de água, nas rochas, a 1,5 quilómetros do sítio onde tinha desaparecido, no passado dia 21. O alerta foi dado por um popular à Polícia Marítima, cerca das 8h00.

  • Não há aumentos salariais no Estado para o ano
    1:18

    Economia

    O ministro das Finanças confirma a alteração dos escalões de IRS em 2018. É uma das medidas prioritárias para o próximo ano, a par do descongelamento das carreiras na função pública. Numa entrevista à Antena 1, Mário Centeno admite que não vai haver aumentos salariais no Estado no próximo ano

  • Tubarão com 2,7 metros salta para dentro de barco e ataca pescador

    Mundo

    Um australiano foi atacado por um tubarão branco quando estava a pescar na sua embarcação, em Evan Heads, Nova Gales do Sul, na costa Este da Austrália. O animal, com cerca de 200 quilos e 2,7 metros de comprimento, saltou para dentro do barco, derrubou o pescador e mordeu-lhe no braço.

    SIC