sicnot

Perfil

Mundo

Barbie "mais realista" vai ter novas formas

A Barbie, a boneca mais famosa do mundo, terá este ano três novas versões que pretendem ir ao encontro das medidas reais dos corpos das mulheres atuais e romper com um conceito de beleza estereotipado.

A partir de agora, as novas Barbies passam a ter sete tons de pele, 22 tons de olhos, 24 cortes de cabelo, novas roupas e acessórios.

A partir de agora, as novas Barbies passam a ter sete tons de pele, 22 tons de olhos, 24 cortes de cabelo, novas roupas e acessórios.

Pela primeira vez em 56 anos, a boneca icónica, conhecida pelo longo cabelo loiro, olhos azuis e um corpo com uma perfeição irreal, vai ter três novos tipos de corpo: "alta, "com curvas" e "pequena".

A par das novas medidas - a versão tradicional continua a ser comercializada -, a boneca ganha ainda sete novos tons de pele, 22 cores de olhos e 24 estilos de penteado.

"A Barbie é um reflexo do mundo tal como as jovens raparigas o veem hoje", explicou Richard Dickson, o presidente executivo do fabricante norte-americano Mattel, citado num comunicado.

"A sua capacidade de evoluir com o tempo, permanecendo fiel ao seu espírito, é fundamental para explicar porque a Barbie é a boneca número um do mundo", acrescentou o responsável

Para Evelyn Mazzocco, vice-presidente e diretora geral global da marca Barbie, esta aposta é encarada como uma responsabilidade.

"Acreditamos que temos uma responsabilidade para com as jovens raparigas e para com os pais de refletir uma visão mais alargada da beleza", destacou Evelyn Mazzocco.

Para algumas vozes, este reconhecimento da diversidade da beleza feminina por parte do fabricante da boneca icónica é tardio.

Esta novidade poderá dar um novo impulso às vendas da boneca, que têm vindo a descer nos últimos três anos e recuaram 16% no primeiro semestre de 2015.

O fabricante norte-americano fez ao longo dos anos várias tentativas para diversificar o universo da Barbie, mas sem alterar as medidas da boneca. Em 1980, a Mattel lançou a "Black Barbie", uma boneca com um tom de pele escuro e com um cabelo de estilo afro.

Em 2014, o designer gráfico norte-americano Nickolay Lamm criou a Lammily, uma boneca que desafiava os padrões normais do mercado, ao ter celulite, alguns quilos a mais e nenhuma maquilhagem.

O objetivo do designer foi aproximar a imagem tradicional deste tipo de bonecas à realidade da mulher comum, explicou então em declarações ao jornal The Washington Post.

Com Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.