sicnot

Perfil

Mundo

Malala apela a líderes mundiais a ajudarem na educação das crianças sírias

A ativista paquistanesa Malala Yousafzai, Nobel da Paz, lançou uma petição pública a apelar aos líderes mundiais que se comprometam a doar mais de mil milhões de euros para programas educativos na Síria.

© Norsk Telegrambyra AS / Reute

A petição pública, que soma mais de 70.000 assinaturas, tem um apelo dirigido aos políticos que na próxima semana se vão reunir em Londres na conferência de doadores para as vítimas da guerra na Síria.

Malala quer que "todas as crianças sírias afetadas pelo conflito consigam ter acesso à educação".

Reino Unido, Alemanha e Noruega, com a Organização das Nações Unidas e o Kuwait, estão na organização desta conferência de doadores, marcada para 04 de fevereiro.

O objetivo é discutir como é se poderá fazer chegar ajuda a 13,5 milhões de pessoas em situação vulnerável na Síria e a 4,2 milhões de sírios que se refugiaram em países próximos, como a Jordânia, o Líbano e a Turquia.

Este país já registou a presença de 2,5 milhões de sírios a residirem em território turco.

Lusa

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.