sicnot

Perfil

Mundo

Emails de Hilllary Clinton são secretos e não serão tornados públicos

O Departamento de Estado norte-americano revelou esta sexta-feira que não tornará público mais 'emails' que Hillary Clinton enviou de um servidor privado no tempo em que foi chefe da diplomacia dos Estados Unidos.

A polémica estalou em 2015 quando se tornou público que Hillary Clinton tinha usado o seu 'email' privado e servidor doméstico, ao invés do sistema oficial do Governo, enquanto ocupou o cargo de secretária de Estado.

A polémica estalou em 2015 quando se tornou público que Hillary Clinton tinha usado o seu 'email' privado e servidor doméstico, ao invés do sistema oficial do Governo, enquanto ocupou o cargo de secretária de Estado.

© Jim Bourg / Reuters

O porta-voz do departamento de Estado, John Kirby, explicou que as mensagens de correio eletrónico enviadas por Hillary Clinton entre 2009 e 2013, quando foi secretária de Estado, foram classificadas como segredo de Estado.

A polémica estalou em 2015 quando se tornou público que Hillary Clinton tinha usado o seu 'email' privado e servidor doméstico, ao invés do sistema oficial do Governo, enquanto ocupou o cargo de secretária de Estado.

Na altura, a oposição republicana considerou que tal atitude pode ter comprometido a segurança do país e exigiu que fossem tornadas públicas as comunicações.

O Departamento de Estado acabou por publicar 7.000 páginas de correio eletrónico enviadas ou recebidas por Clinton, durante o mandato de secretária de Estado, e a própria Clinton pediu desculpas publicamente, admitindo que a decisão tinha sido um erro.

Hoje, John Kirby explicou que o conteúdo dos emails não estava classificado como secreto, na altura em que as mensagens foram enviadas e que a decisão de os tornar segredo de Estado foi posterior a isso, pelo que não haverá mais divulgação de documentos.

Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    Um sismo abalou esta manhã o centro de Itália, incluindo a capital, Roma, e outras localidades atingidas por uma série de tremores o ano passado.

    Em desenvolvimento

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • Acordo de concertação social assinado por todos os parceiros

    Economia

    Está assinado o acordo da Concertação Social que estipula a descida da TSU para as empresas como contrapartida do aumento do salário mínimo. Ao contrário do que é habitual, o momento não foi assinalado na sede do Conselho Económico e Social (CES), mas as assinaturas foram divulgadas no Twitter.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".