sicnot

Perfil

Mundo

Oposição síria ameaça abandonar conversações de paz de Genebra

A oposição síria ameaçou hoje abandonar as negociações de paz que decorrem na cidade suíça de Genebra se "os crimes" do regime de Bashar Al-Assad persistirem.

© Denis Balibouse / Reuters

"Se o regime insistir nestes crimes, então a presença da delegação do Alto Comité para as Negociações [HNC, na sigla inglesa] em Genebra não terá justificação", avisou o coordenador do comité, Riad Hijab, numa declaração colocada na Internet, citada pela agência AFP.

Hijab, que não integrou a delegação que se deslocou a Genebra, acrescentou que "a delegação vai informar o enviado especial das Nações Unidas Staffan de Mistura "das suas intenções de abandonar a equipa negocial se a Organização das Nações Unidas e as potências mundiais forem incapazes de travar estas violações".

A oposição síria aterrou em Genebra no final do dia de hoje, um dia depois de uma delegação do Presidente sírio, Bashar Al-Assad, ter chegado à Suíça, tendo já mantido conversações preliminares com de Mistura.

A delegação da oposição síria, que deverá reunir-se com o enviado especial das Nações Unidas no domingo, recusa para já qualquer envolvimento, mesmo que de forma indireta, com o regime sírio.

Primeiro, quer que as resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas que pedem o fim dos cercos a mais de 12 cidades na Síria sejam cumpridas e que os bombardeamentos sobre civis cessem.

A oposição síria decidiu na sexta-feira participar nas conversações de paz indiretas com o regime que se iniciaram em Genebra.

Em declarações à agência noticiosa France-Presse (AFP), um responsável da oposição precisou na sexta-feira que o HCN, uma vasta coligação de opositores políticos e de grupos armados sírios formada em dezembro na Arábia Saudita na perspetiva da iniciativa de Genebra, iria enviar "entre 30 e 35 pessoas" às conversações.

O HCN tinha recusado participar nas negociações enquanto prosseguissem os bombardeamentos e o cerco de diversas localidades sírias.

Lusa

  • IPSS no Seixal alvo de processo e auditoria financeira
    1:47

    País

    A Segurança Social está fazer mais uma inspeção total a uma IPSS, agora na Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal. A fiscalização já recolheu documentação e está agora a passar a pente fino as contas, os serviços e todos os procedimentos da Instituição.

    Investigação SIC - Hoje no Jornal da Noite

    SIC

  • Rui Santos revela novos e-mails que envolvem o Benfica
    1:52
    Tempo Extra

    Tempo Extra

    3ª FEIRA 23:00

    No programa da SIC Notícias Tempo Extra, Rui Santos revelou esta terça-feira que o blogue de Hugo Gil, associado ao Benfica, partilhou informação privilegiada da APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol) com várias figuras do clube da Luz.

  • Fredy Montero é reforço do Sporting

    Desporto

    O colombiano Fredy Montero está de regresso ao Sporting, anunciou o clube. O avançado de 30 anos já tinha vestido a camisola dos leões entre 2013 e 2015, antes de passar pelos chineses do Tianjin Teda e nos canadianos dos Vancouver Whitecaps.

  • Trump mentalmente apto para ser Presidente dos EUA

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos foi na semana passada sujeito aos exames médicos anuais obrigatórios. O médico oficial da Casa Branca informou esta terça-feira que Donald Trump está de "excelente" saúde, não apenas física, como já tinha sido divulgado, mas também mental. As dúvidas sobre as capacidades cognitivas de Trump ganharam força após as revelações feitas no livro "Fire and Fury: Inside the Trump White House".

    SIC

  • "É preciso namorar bem para que o namoro dê certo"
    2:31
  • Governo vai proibir refeições nos monumentos com estatuto de panteão
    0:53

    País

    O Governo vai acabar com as refeições no Panteão Nacional e em edifícios com estatuto semelhante, como os mosteiros dos Jerónimos e da Batalha. A decisão foi anunciada esta terça-feira pelo ministro da Cultura, no Parlamento. Luís Filipe Castro Mendes esclareceu que a decisão surge no âmbito da revisão do regulamento sobre os monumentos.