sicnot

Perfil

Mundo

Três condenados à morte na Índia por violação de jovem

Um tribunal indiano condenou hoje à morte três pessoas e a pena perpétua outras três pela violação em grupo e assassinato de uma jovem estudante em 2013, um caso que provocou vários protestos violentos no Estado de Bengala.

© Anindito Mukherjee / Reuters (Arquivo)

A juíza encarregada do processo em Calcutá, a capital regional, proferiu a pena máxima para três dos acusados, ao considerá-los culpados do assassinato e violação, enquanto outros três foram condenados por violação, conspiração criminal e eliminação de provas, de acordo com a agência IANS, citada pela Efe.

O tribunal já tinha declarado culpados os seis arguidos na passada quinta-feira, embora na altura não tenha dado a conhecer a pena, e absolveu outros dois dos acusados no caso.

O processo envolvia nove pessoas, sendo que uma delas morreu durante o processo judicial.

O advogado de defesa disse à agência ANI que vai recorrer da sentença.

A vítima, de 20 anos, foi brutalmente violada em grupo em junho de 2013, quando regressava da universidade, o que originou fortes protestos que pediam justiça para a jovem indiana.

Este crime aconteceu apenas seis meses depois de outra estudante universitária ter sido violada em grupo durante uma viagem de autocarro em Nova Deli, um caso que comoveu a Índia e parte da opinião internacional

Essa violação gerou um movimento de protestos e abriu debate sem precedentes sobre a situação da mulher no país, o que levou o Governo indiano a endurecer as leis contra os agressores sexuais.

Lusa

  • Reviravolta na Operação Fizz
    1:09

    País

    O juiz que vai julgar o chamado processo da Operação Fizz decidiu aceitar as denúncias de Orlando Figueira contra o presidente do Banco Atlântico e o advogado Daniel Proença de Carvalho. As acusações do principal arguido contra o banqueiro Carlos Silva e o advogado Proença de Carvalho podem trazer uma reviravolta ao processo.

  • Projeto Bairros Sem Cárie levou 300 pessoas do Seixal ao dentista
    3:08

    País

    Portugal tem dos piores indicadores de saúde oral da Europa e ir ao dentista é quase um luxo. Num país assim ganham ainda mais relevância iniciativas como o projeto Bairros Sem Cárie. 300 pessoas de bairros sociais do Seixal tiveram uma consulta de estomatologia gratuita.

  • Homem rompe a garganta ao tentar impedir espirro

    Mundo

    Impedir um espirro apertando o nariz pode causar sérias lesões. Foi o que aconteceu a um homem na Grã-Bretanha que teve de ser hospitalizado porque sofreu uma rutura na garganta ao apertar boca e nariz ao espirrar.