sicnot

Perfil

Mundo

Explosão inexplicada em escola secundária na Suécia

Uma "forte explosão" ocorreu esta terça-feira à tarde numa escola secundária da cidade de Karlstad, no centro da Suécia, indicou a polícia, acrescentando que não conseguiu ainda identificar a causa.

Os serviços de emergência foram enviados para o local, todos os edifícios da zona foram evacuados e não há notícia de feridos.

Os serviços de emergência foram enviados para o local, todos os edifícios da zona foram evacuados e não há notícia de feridos.

© TT News Agency / Reuters

O alerta foi dado pelas 15:00 locais (14:00 de Lisboa) quando pessoas que se encontravam na zona da Tingvallagymnasiet disseram ter ouvido uma explosão e depois viram uma grande coluna de fumo a sair do telhado da escola.

Testemunhas indicaram igualmente ter visto dois homens a afastar-se correndo.

"Houve uma enorme explosão, as janelas e parte das paredes começaram a abanar", afirmou a diretora da escola, Christine Holmberg, ao tabloide sueco Aftonbladet.

Os serviços de emergência foram enviados para o local, todos os edifícios da zona foram evacuados e não há notícia de feridos.

"Estamos a tentar reconstituir o que aconteceu", disse o porta-voz da polícia regional, Stefan Wickberg, ao jornal on-line The Local.

Segundo Wickberg, a potência da explosão fez disparar alarmes de viaturas estacionadas na zona e os agentes policiais estavam a recolher diversos depoimentos para apurar exatamente o que aconteceu.

Pelas 16:40 locais (15:40 de Lisboa), o serviço de bombeiros e emergências indicou que a sua equipa e também a polícia tinham abandonado o local.

"Não conseguimos encontrar uma explicação. A nossa teoria é que alguém fez explodir alguma coisa que não deixou vestígios. Ninguém ficou ferido", escreveu o serviço na sua página da rede social Facebook.

A escola é a mais antiga de Karlstad, datando do século XIX, segundo o seu site da internet. Os alunos que a frequentam têm entre 15 e 19 anos.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.