sicnot

Perfil

Mundo

NATO saúda intenção dos EUA de reforçar presença militar na Europa

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, saudou hoje em comunicado a proposta dos Estados Unidos de reforçar "de forma significativa" a sua presença militar na Europa.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Jonathan Ernst / Reuters

A Aliança Atlântica respondeu de forma positiva à decisão hoje emitida pelo departamento de Defesa dos Estados Unidos, que pretende solicitar cerca de 583 mil milhões de dólares (537 mil milhões de euros) no seu orçamento para 2017, com importantes aumentos de fundos canalizados para o combate ao grupo 'jihadista' Estado Islâmico (EI) e à estratégia norte-americana na Europa.

O chefe do Pentágono, Ashton Carter, indicou que os EUA planeiam um aumento significativo da sua presença militar no território europeu.

"O orçamento solicitado, caso seja aprovado, vai quadruplicar o financiamento, até aos 3.400 milhões de dólares [3.130 milhões de euros] em 2017 para a força norte-americana na Europa", acrescenta o comunicado.

A NATO indicou que esta verba permitirá financiar forças norte-americanas mais rotativas, maior formação e exercícios e mais ferramentas de combate e infraestrutura.

Para a Aliança "isso constitui um claro sinal do firme compromisso dos Estados Unidos pela segurança europeia".

"Vai ser uma contribuição importante e oportuna à dissuasão e defesa coletiva da NATO", acrescentou Stoltenberg.

O Presidente dos EUA, Barack Obama, apresentará na próxima semana a proposta orçamental para o ano fiscal de 2017, que se inicia em outubro.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.