sicnot

Perfil

Mundo

Propaganda chinesa recorre ao rap para promover as políticas do Presidente

A propaganda chinesa voltou a recorrer à música moderna, neste caso o 'rap', como forma de promover o lema "as quatro bases integradoras", que se refere aos objetivos de desenvolvimento proposto pelo Presidente chinês, Xi Jinping.

Propaganda chinesa recorre ao 'rap' para promover as políticas do Presidente

Propaganda chinesa recorre ao 'rap' para promover as políticas do Presidente

O videoclipe de três minutos foi hoje difundido pela agência oficial chinesa Xinhua, em formato de desenho animado, com um casal que explica numa versão 'hip-hop' as bases do pensamento do líder chinês: construir uma sociedade moderadamente confortável; aprofundar as reformas; impulsionar o primado da lei; e garantir a rigorosa governação do Partido Comunista Chinês (PCC).

A canção, interpretada em chinês, pode ser encontrada na seguinte página: /xhpfm.mobile.zhongguowangshi.com:8091/v200/newshare/587235.

"Repete comigo, as quatro bases integradoras, as quatro bases integradoras, a prosperidade é o objetivo/ repete comigo, as quatro bases integradoras, as quatro bases integradoras, a reforma é o caminho", ouve-se no 'rap' comunista.

E continua: "Repete comigo, as quatro bases integradoras, as quatro bases integradoras, a lei é a garantia/ Repete comigo, as quatro bases integradoras, as quatro bases integradoras, o Partido é a chave".

Trata-se da mais recente tentativa do regime chinês de aproximar a sua propaganda a um estilo que possa chegar à juventude do país, como já fez em ocasiões anteriores.

Em outubro, Pequim lançou um videoclipe em inglês, com uma insólita estética 'pop', dedicado ao 13.º Plano Quinquenal - que norteará a política económica do país entre 2016 e 2020.

Em dezembro, a televisão estatal chinesa CCTV repetiu a fórmula, com um 'rap' que elogiava as políticas de Xi, desde a campanha anticorrupção às reformas económicas.

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.