sicnot

Perfil

Mundo

Cargueiro à deriva em França muito perto do porto de Bilbau

O navio de carga, há uma semana à deriva ao largo da costa atlântica francesa, está já muito perto do porto de Bilbau, no país basco. É lá que o cargueiro deve chegar, ainda esta quarta-feira.

O navio, com 300 toneladas de combustível mais 3600 toneladas de madeira e equipamento de construção, seguia viagem entre o Gabão e a França quando uma operação de emergência foi requisitada, receando um eventual derrame.

O navio, com 300 toneladas de combustível mais 3600 toneladas de madeira e equipamento de construção, seguia viagem entre o Gabão e a França quando uma operação de emergência foi requisitada, receando um eventual derrame.

LOIC BERNARDIN/MARINE NATIONALE/HANDOUT

Os rebocadores têm mantido as manobras a uma velocidade de pouco mais de 5 quilómetros por hora.

O navio, com 300 toneladas de combustível mais 3600 toneladas de madeira e equipamento de construção, seguia viagem entre o Gabão e a França quando uma operação de emergência foi requisitada, receando um eventual derrame.

A tripulação foi mesmo retirada do cargueiro durante o resgate.

Os especialistas acreditam que o mau tempo no mar mudou a posição da carga a bordo, levando a uma inclinação demasiado arriscada para uma viagem normal.

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21