sicnot

Perfil

Mundo

Detido no Japão presumível espião norte-coreano por alegada fraude

A polícia do Japão anunciou hoje que a sua unidade especial que lida com alegados casos de espionagem deteve um residente coreano sob a suspeita de fraude que, segundo os media locais, atuava como espião para a Coreia do Norte.

Líder da Coreia do Norte preside a encontro sobre corrupção e abuso de poder

Líder da Coreia do Norte preside a encontro sobre corrupção e abuso de poder

reuters

O Japão é particularmente sensível às atividades de espionagem da Coreia do Norte no país, dado que agentes de e com ligações ao país têm vindo a ser acusados de sequestrar cidadãos japoneses para servirem como professores de línguas para os seus espiões.

O Japão também tem uma grande população de residentes com nacionalidade coreana, descendentes do povo da península que ou emigraram para o Japão ou foram para lá levados para trabalhos forçados quando Tóquio controlava a região como sua colónia, entre 1910-45.

O suspeito, de 49 anos, foi detido na terça-feira por efetivos do departamento de segurança pública da polícia metropolitana de Tóquio -- que lida com crimes relacionados com espionagem e grupos políticos e religiosos violentos --, disse o porta-voz Kazufumi Suzuki à agência AFP.

Segundo Kazufumi Suzuki, a nacionalidade do suspeito foi registada como "coreana", o que significa que ele tem laços ancestrais na península coreana.

Ele é suspeito de ter usado o cartão de crédito que obteve ilegalmente para fazer comprar as partir de uma empresa de comércio 'online' em Tóquio.

É antigo professor associado de uma universidade pró-Pyongyang na capital nipónica e estava envolvido com atividades de espionagem que visam difundir a ideologia norte-coreana na Coreia do Sul e na China, segundo a agência Kyodo.

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.