sicnot

Perfil

Mundo

Piloto diz que explosão em voo da Somália foi provocada por bomba

A explosão que abriu um buraco na fuselagem de um avião comercial somali obrigando-o a aterrar de emergência em Mogadíscio na terça-feira foi potencialmente causada por uma bomba a bordo, segundo declarações do piloto divulgadas hoje.

Conta Twitter Harun Maruf

O avião, da empresa somali Daallo Airlines e que se dirigia a Djibouti com 74 passageiros, aterrou de emergência alguns minutos após a descolagem do aeroporto de Mogadíscio com um buraco na fuselagem. Dois passageiros ficaram ligeiramente feridos, de acordo com a polícia.

O piloto do Airbus 321, Vladimir Vodopivec, um sérvio de 64 anos, disse a um amigo que, na sua opinião, a explosão que danificou a fuselagem do interior da cabine para o exterior foi causada por uma "bomba", segundo declarações divulgadas pelo diário sérvio Blic.

Imagens do avião mostram um buraco com cerca de um metro de diâmetro acima dos motores situados sob a asa direita.

Vodopivec disse ainda que a explosão não danificou o sistema de navegação e que, apesar da perda de pressurização da cabine, conseguiu aterrar o avião.

Mohamed Ise, da polícia somali, referiu hoje que a causa da explosão no avião ainda não foi determinada e que está em curso um inquérito.

O aeroporto de Mogadíscio tornou-se uma "fortaleza" após a instalação ao lado da principal base da força da União Africana na Somália (AMISON), com 22.000 efetivos e que ajuda o frágil governo somali a combater os islamitas radicais 'shebab'.

Os 'shebab' não fizeram até agora qualquer reivindicação relativa ao incidente com o avião.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.