sicnot

Perfil

Mundo

Yahoo! vai despedir 1.500 trabalhadores

O grupo norte-americano Yahoo anunciou na terça-feira que registou prejuízos de 4.359 milhões de dólares (3.995 milhões de euros) em 2015 e que vai despedir 15% dos seus ativos, cerca de 1.500 trabalhadores.

Sede da Yahoo!

Sede da Yahoo!

© Denis Balibouse / Reuters

A saúde financeira do grupo Yahoo foi ajudada em 2014, ano em que registou um lucro de 7.522 milhões de dólares, que compara com um prejuízo de 4.359 milhões de dólares em 2015, devido ao resultado extraordinário de 6.300 milhões de euros resultantes da venda da sua participação na empresa de comércio eletrónico chinesa Alibaba, refere, em comunicado.

As receitas do Yhaoo, por sua vez, atingiram os 4.968 milhões de dólares em 2015, contra 4.618 milhões de dólares no ano anterior.

O fundo de investimento Starboard Value, que detém o Yahoo, indicou em novembro de 2014 que pretendia vender o seu "negócio principal" na Internet, conhecido por Yahoo.

Os despedimentos anunciados enquadram-se num "plano estratégico agressivo" que foi hoje divulgado, mas em que se quer aumentar as receitas das operações móveis, de vídeo e das redes sociais pra 1.800 milhões de euros no final deste ano.

O grupo quer chegar ao final deste ano com 9.000 trabalhadores a tempo inteiro e um pouco menos de 1.000 subcontratados.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.