sicnot

Perfil

Mundo

Passageiro desaparecido do voo que sofreu explosão na Somália

A companhia aérea Daallo divulgou hoje que uma pessoa que consta da lista de passageiros que estavam a bordo do avião que sofreu uma explosão na terça-feira e aterrou de emergência, em Mogadíscio, está desaparecida.

© Feisal Omar / Reuters

"Todos os passageiros, exceto um, desembarcaram sãos e salvos", após o retorno do aparelho ao aeroporto da capital da Somália, anunciou a Daallo num comunicado, precisando que "uma investigação está em curso para determinar a causa desse desaparecimento".

O avião, da empresa somali Daallo Airlines e que se dirigia a Djibouti com 74 passageiros, aterrou de emergência alguns minutos após a descolagem do aeroporto de Mogadíscio com um buraco na fuselagem.

O piloto e especialistas em aviação acreditam que um engenho explosivo foi a causa provável do incidente.

A explosão provocou um buraco de um metro de diâmetro na fuselagem do avião A321, que opera principalmente no Corno de África e em alguns países do Golfo Pérsico.

Não se sabe se o passageiro desaparecido ia a bordo do avião e foi sugado para fora da aeronave devido à explosão ou se houve um erro na lista de passageiros.

"Dois passageiros ficaram com ferimentos leves e foram transportados ao hospital para receberem tratamento médico", precisou a companhia.

O Governo da Somália, sem esperar pelos resultados da investigação, indicou que um problema de pressurização deve estar na origem da explosão.

Lusa

  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser "derrotada como todos os outros"

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • António Guterres, "o governante mais amado desde sempre em democracia"
    2:27

    País

    António Guterres foi distinguido com o grau de honoris causa pela Universidade de Lisboa. A cerimónia decorreu esta manhã e contou com a presença do Presidente da República e do primeiro-ministro. Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou que Guterres foi o governante mais amado da democracia portuguesa.