sicnot

Perfil

Mundo

Polícia alemã deteve 2 suspeitos de ligados ao Daesh

A polícia alemã anunciou hoje a detenção, durante rusgas em Berlim e noutras duas regiões, de dois argelinos "suspeitos de ter estado em contacto" com o grupo extremista Estado Islâmico (EI), enquanto procura por outros dois.

Polícia alemã Arquivo/Reuters

Polícia alemã Arquivo/Reuters

© Tobias Schwarz / Reuters

Os quatro homens são suspeitos de ter preparado "um ato grave ameaçando a segurança do Estado".

Uma mulher também foi presa na Renânia do Norte-Vestefália por outros motivos, indicou a polícia de Berlim à agência AFP.

Um dos dois homens detidos na região de Renânia do Norte-Vestefália era alvo de um mandado de detenção das autoridades argelinas pela sua presumível ligação à organização extremista, segundo um porta-voz da polícia.

O segundo homem foi detido em Berlim por falsificação de documentos.

A polícia não indicou as razões pelas quais a mulher foi presa.

Em Berlim, as rusgas decorreram em quatro apartamentos e em dois locais de trabalho.

No total, 450 polícias, incluindo alguns de unidades especiais, foram mobilizados na capital, em Renânia do Norte-Vestefália e na Baixa Saxónia, segundo o porta-voz da polícia.

Desde os atentados de 13 de novembro em Paris, as autoridades alemãs deram conta de que a Alemanha foi igualmente ameaçada de eventuais ataques de grupos extremistas.

Lusa

  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.