sicnot

Perfil

Mundo

Seul confirma que Coreia do Norte vai lançar míssil de longo alcance

O Ministério da Defesa da Coreia do Sul confirmou hoje que a Coreia do Norte vai lançar um míssil a partir da costa noroeste do país e garantiu estar a preparar-se para o intercetar.

Os EUA testam a primeira bomba de hidrogénio, a "Ivy Mike", nas Ilhas Marshall, no oceano Pacífico, a 1 de novembro de 1952.

Os EUA testam a primeira bomba de hidrogénio, a "Ivy Mike", nas Ilhas Marshall, no oceano Pacífico, a 1 de novembro de 1952.

AP

"A Coreia do Norte prepara o lançamento do míssil de longo alcance a partir da base de Sohae, na costa oeste", assegurou um porta-voz da Defesa sul-coreana.

Seul também confirmou que as Forças Armadas sul-coreanas estão preparadas para detetar e intercetar o foguete ou fragmentos do mesmo no caso de alcançarem o espaço aéreo, território ou águas da Coreia do Sul.

Espera-se que Pyongyang lance o míssil na direção sul, a partir de Sohae, perto da fronteira com a China, pelo que, em caso de erro, alguns fragmentos podem despenhar-se na Coreia do Sul.

Por outro lado, a televisão japonesa NHK noticiou hoje o deslocamento de uma rampa de lançamento para outra base norte-coreana -- a de Tonghae, no nordeste do país. Existe assim a possibilidade de a Coreia do Norte estar a preparar outros lançamentos, provavelmente de mísseis de menor alcance.

Relativamente a esta hipótese, o Ministério da Defesa da Coreia do Sul disse que tal informação "não foi ainda confirmada".

A Coreia do Norte revelou na terça-feira a sua intenção de lançar, entre 08 e 25 de fevereiro, um satélite.

O anúncio seguiu-se a rumores sobre a preparação pela Coreia do Norte de um teste de míssil balístico, um novo passo para atingir o seu objetivo de obter mísseis nucleares, em violação de resoluções das Nações Unidas.

Embora Pyongyang insista em que o seu programa espacial tem apenas natureza científica, a comunidade internacional crê que tais lançamentos encobrem testes de mísseis balísticos.

O anúncio por parte de Pyongyang suscitou reações em todo o mundo e particularmente críticas por parte da Coreia do Sul, Japão e Estados Unidos.

A China também manifestou a sua preocupação relativamente aos planos da Coreia do Norte.

Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".