sicnot

Perfil

Mundo

Strauss-Kahn vai administrar banco de milionário ucraniano

O ex-diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI) Dominique Strauss-Khan foi contratado para a administração do banco Credit-Dnepr, propriedade do magnata ucraniano Viktor Pinchuk, noticia a BBC.

Michel Spingler

Strauss-Kahn, que se demitiu da direção do FMI em 2011, na sequência de acusações de violação por uma empregada de hotel de Nova Iorque, vai integrar o recém-criado conselho de supervisão da instituição financeira do segundo homem mais rico da Ucrânia.

O dono do Credit-Dnepr é genro do antigo Presidente do país, Leonid Kuchma, tendo uma fortuna avaliada em 1,43 mil milhões de dólares (1,3 mil milhões de euros).

Durante os anos 90, Viktor Pinchuk construiu um dos maiores conglomerados industriais da Ucrânia, a Interpipe, dedicada à indústria metalúrgica.

Segundo uma sondagem, realizada entre 24 e 26 de junho de 2015 pelo instituto de estudos de opinião Ifop, um em cada três franceses queria que Dominique Strauss-Kahn regressasse à política como ministro.

Além de 36% dos cidadãos franceses quererem Strauss-Kahn de volta à ribalta política, 32% prefeririam mesmo que, em caso de remodelação do Governo, fosse ele o novo primeiro-ministro.

Depois do escândalo sexual em Nova Iorque, caso que veio a ser arquivado, em 2012 o antigo ministro das Finanças francês foi envolvido noutra polémica, que incluía a participação em orgias com prostitutas, na qual acabou por ser absolvido.

Lusa

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.