sicnot

Perfil

Mundo

Terra pode ser o resultado da fusão de dois planetas

A teoria de que uma gigante colisão de um "planeta embrião" com a Terra há 4,5 mil milhões de anos levou à formação da Lua já circula há muito tempo. Uma investigação financiada pela NASA vem agora afirmar que, nessa colisão, a Terra absorveu o pequeno planeta Theia.

Colisão e fusão de Theia e a Terra.

Colisão e fusão de Theia e a Terra.

UCLA

A Terra seria assim o resultado da fusão com Theia e, na colisão, foi formada a Lua.

"Theia foi misturada e a combinação resultou na Terra e na Lua", diz o responsável pelo estudo Edward Young, professor da Universidade da Califórnia (UCLA), citado pelo Huffingtonpost.

Para chegar a esta conclusão os investigadores compararam os componentes químicos das rochas lunares com a rochas vulcânicas do Havai e do Arizona.

Se a Terra e Theia tivessem apenas colidido, como sugere a teoria do impacto gigante, a Lua seria apenas constituída por Theia e a Terra e a Lua teriam estruturas químicas bem diferentes, afirmam os investigadores da UCLA. Mas não foi isso que descobriram.

"Não encontrámos quaisquer diferenças entre os isótopos de oxigénio da Terra e da Lua, são praticamente indistinguíveis", garantem os investigadores da UCLA.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.