sicnot

Perfil

Mundo

Fundador do WikiLeaks declara vitória depois da ONU ter considerado ilegal a sua detenção

Fundador do WikiLeaks declara vitória depois da ONU ter considerado ilegal a sua detenção

Julien Assange diz que a decisão dos especialistas da ONU é uma vitória, depois do grupo de trabalho ter considerado ilegal a sua detenção. O fundador do Wikileaks surgiu emocionado na varanda da embaixada do Equador em Londres onde está desde 2012.

As autoridades britânicas já disseram que a decisão não é vinculativa e se sair da embaixada é preso para responder na Suécia a acusações de violação.

  • Julien Assange anuncia que vai sair da embaixada do Equador em Londres
    1:51

    Mundo

    O fundador do Wikileaks anunciou hoje que vai deixar em breve a embaixada do Equador em Londres, onde está refugiado há 2 anos. Julien Assange pediu asilo político para não ser extraditado para a Suécia, onde é acusado de crimes sexuais. O australiano recusou revelar por que razão vai deixar a embaixada ou se decidiu entregar-se às autoridades.

  • Assange diz que agências de segurança são a maior ameaça à democracia
    2:24

    Mundo

    Julien Assange participou, esta manhã, numa videoconferência no Festival de Cinema do Estoril e Lisboa. O fundador do Wikileaks esteve num ecrã perante uma sala de espectadores que puderam fazer-lhe diretamente perguntas e foi nas respostas que Assange falou do crescente poder das agências de segurança, o que para o ativista é uma ameaça direta à liberdade e democracia no mundo.

  • ONU pronuncia-se amanhã sobre detenção do fundador da WikiLeaks
    2:45

    Mundo

    Apesar das Nações Unidas considerarem que o fundador do WikiLeaks está a ser alvo de detenção ilegal a polícia britânica diz que o mandato continua em vigor. Se Julien Assange sair da embaixada do Equador em Londres, onde está refugiado desde 2012, será detido.Um painel de especialistas das Nações Unidas para as detenções arbitrárias pronuncia-se amanhã sobre o caso Assange.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.