sicnot

Perfil

Mundo

Pentágono divulga 198 fotografias de abusos de militares no Iraque e Afeganistão

O Pentágono divulgou esta sexta-feira uma série de fotos sobre os abusos feitos por militares norte-americanos a prisioneiros no Iraque e no Afeganistão no ano 2000.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Anil Usyan / Reuters

As 198 fotografias disponibilizadas mostram lesões ou contusões, mas são menos dramáticas do que as "terríveis fotos" tiradas na prisão de Abu Ghraib no Iraque e depois divulgados na imprensa.

Aquelas imagens provocaram a indignação internacional e vários soldados foram condenados.

As fotografias foram divulgadas no âmbito de uma longa batalha judicial com a ACLU, um poderoso grupo de defesa dos direitos civis norte-americanos.

A ACLU luta desde 2004 pela divulgação de duas mil fotografias de tortura e maus-tratos a prisioneiros na posse das autoridades norte-americanas.

O grupo lamentou hoje que as autoridades tenham apenas divulgado um pequeno número das fotografias.

"Estas imagens selecionadas são suscetíveis de enganar o público sobre a verdadeira extensão do abuso", denunciou Jameel Jaffer, diretor-adjunto dos Assuntos Jurídicos da organização.

A tortura "não era uma coisa de algumas ovelhas negras, ela era sistémica e ordenada por altos dirigentes governamentais", afirmou Naurren Shah da Amnistia Internacional.

Onze militares norte-americanos foram condenados após as revelações de Abu Ghraib.

As fotografias foram divulgadas na página do Departamento da Defesa norte-americano.

Lusa

  • A estreia de Centeno como líder do Eurogrupo
    1:56
  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    A Justiça espanhola pediu à Dinamarca para ativar a ordem de detenção europeia contra Carles Puigdemont, que ignorou as ameaças de detenção e decidiu deslocar-se a Copenhaga para participar numa conferência. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

    Luís Marques Mendes

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".