sicnot

Perfil

Mundo

Conselho de Segurança da ONU reúne-se de urgência por causa da Coreia do Norte

O Conselho de Segurança das Nações Unidas vai reunir-se de urgência hoje em Nova Iorque por causa do lançamento de um 'rocket' de longo alcance pela Coreia do Norte, noticia a agência AFP, citando fontes diplomáticas.

Conselho de Segurança da ONU reúne-se de urgência hoje por causa da Coreia do Norte

Conselho de Segurança da ONU reúne-se de urgência hoje por causa da Coreia do Norte

© Pierre Albouy / Reuters

A reunião foi pedida pelos Estados Unidos e pelo Japão, membros do Conselho de Segurança, e pela Coreia do Sul.

Numa carta conjunta enviada à Presidência do Conselho de Segurança, citada pela AFP, EUA e Japão sublinham que "o lançamento hoje de um alegado 'satélite' pela Coreia do Norte viola resoluções da ONU" que proíbem Pyongyang de qualquer atividade balística ou nuclear.

A Coreia do Norte lançou hoje um foguete ('rocket') de longo alcance, anunciou o Ministério sul-coreano da Defesa.

Pyongyang realizou um teste nuclear a 06 de janeiro e anunciou na semana passada o lançamento, este mês, de um foguetão transportando um satélite, que a maioria da comunidade internacional vê como uma dissimulação para um teste de mísseis balísticos que viola resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Secretário-geral da ONU pede à Coreia do Norte para "parar com ações provocatórias"

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu hoje à Coreia do Norte para "parar com as ações provocatórias", após o lançamento de um foguete ('rocket') de longo alcance pelo regime de Pyongyang.

"É profundamente lamentável que a República Popular Democrática da Coreia tenha realizado um lançamento usando tecnologia de mísseis balísticos, violando resoluções do Conselho de Segurança [da ONU] de 06 de fevereiro de 2016", considerou Ban Ki-moon, num comunicado.

O secretário-geral das Nações Unidas apela à Coreia do Sul para "parar com as ações provocatórias" e respeitar as suas "obrigações internacionais".

Segundo o mesmo texto, Ban Ki-moon "refirma o seu compromisso em trabalhar com todos os lados para reduzir as tensões" e conseguir a "desnuclearização da península coreana".

Lusa

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.