sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades indianas dizem que homem morreu devido a queda de meteorito

As autoridades indianas dizem que um homem morreu e três outras pessoas ficaram feridas na sequência da queda de um meteorito, o que, a confirmar-se, seria a primeira morte deste tipo na história

No entanto, especialistas indicaram que é possível haver outras explicações para o incidente, que ocorreu no sábado no estado de Tamil Nadu (sul).

O objeto matou o condutor de um autocarro que estava a passar na altura da queda, cujo impacto deixou uma grande cratera no chão e destruiu montras de vidro num edifício próximo.

Imagens de meios de comunicação local mostram uma pedra de tom azulado, que o ministro de Tamil Nadu, Jayalalithaa Jayaram descreveu como um meteorito, mas cientistas dizem que isso ainda não foi provado.

"Um meteorito caiu numa escola de engenharia privada e retirou a vida a um condutor de autocarro", afirmou o ministro, numa declaração em que expressou choque pelo ocorrido.

S. P. Rajaguru, professor assistente no Instituto Indiano de Astrofísica, em Bangalore, admitiu que a pedra pode ser um meteorito, mas indicou que é necessário realizar mais testes.

Caso se comprove, tratar-se-á da primeira morte de uma pessoa causada por um meteorito, disse o professor.

"A maioria dos meteoros nunca atingem a superfície da Terra, porque eles pulverizam-se completamente na atmosfera", disse o especialista à agência francesa AFP, por telefone.

"Atingir a superfície da Terra é muito raro e não há registos de mortes", acrescentou.

Os meteoros são partículas de poeiras e pedras que geralmente se incendeiam ao passarem pela atmosfera da Terra. Aqueles que não se destroem por completo, superando a queda até à Terra, são designados como meteoritos.

Lusa

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.