sicnot

Perfil

Mundo

Bebida com álcool adulterado faz pelo menos 25 mortos na Indonésia

Pelo menos 25 pessoas morreram nos últimos dias na ilha de Java, Indonésia, depois de terem consumido uma bebida alcoólica de fabricação caseira em mau estado, noticiou hoje a imprensa local.

© XXSTRINGERXX xxxxx / Reuters

A maioria das vítimas eram estudantes e duas pessoas que vendiam o álcool adulterado foram detidas.

Há ainda cerca de vinte pessoas hospitalizadas por terem consumido a mesma bebida.

A polícia local revelou que amostras do álcool em causa foram enviadas para um laboratório para ser apurado o seu conteúdo.

Na Indonésia, assim como em diversos países da região, são frequentes as intoxicações com bebidas alcoólicas de fabricação caseira em mau estado, que são muito mais baratas.

En 2015, mais de 80 pessoas morreram em Java, a maioria delas menores de 20 anos, por consumirem álcoll adulterado.

Em dezembro do ano passado, 18 pessoas morreram e mais de 170 ficaram doentes no Camboja por terem bebido um vinho de arroz produzido com álcool que estava estragado.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.