sicnot

Perfil

Mundo

Bebida com álcool adulterado faz pelo menos 25 mortos na Indonésia

Pelo menos 25 pessoas morreram nos últimos dias na ilha de Java, Indonésia, depois de terem consumido uma bebida alcoólica de fabricação caseira em mau estado, noticiou hoje a imprensa local.

© XXSTRINGERXX xxxxx / Reuters

A maioria das vítimas eram estudantes e duas pessoas que vendiam o álcool adulterado foram detidas.

Há ainda cerca de vinte pessoas hospitalizadas por terem consumido a mesma bebida.

A polícia local revelou que amostras do álcool em causa foram enviadas para um laboratório para ser apurado o seu conteúdo.

Na Indonésia, assim como em diversos países da região, são frequentes as intoxicações com bebidas alcoólicas de fabricação caseira em mau estado, que são muito mais baratas.

En 2015, mais de 80 pessoas morreram em Java, a maioria delas menores de 20 anos, por consumirem álcoll adulterado.

Em dezembro do ano passado, 18 pessoas morreram e mais de 170 ficaram doentes no Camboja por terem bebido um vinho de arroz produzido com álcool que estava estragado.

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30, marcando o reinício da sessão para as 14:15. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.