sicnot

Perfil

Mundo

Canadá anuncia fim dos ataques aéreos no Iraque e Síria a 22 de fevereiro

O Canadá vai terminar os ataques aéreos dirigidos contra o grupo "jihadista" Daesh na Síria e no Iraque a 22 de fevereiro e fazer regressar ao país os seis aviões de combate envolvidos nas operações, anunciou hoje o Governo.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Omar Sanadiki / Reuters

Em contrapartida, Otava pretende triplicar, para 210 homens, o número de forças especiais que treinam as milícias curdas no norte do Iraque, enquanto diversos aviões de reconhecimento e abastecimento continuarão envolvidos na coligação dirigida pelos Estados Unidos, informou o ministro da Defesa Hargit Sajjan durante uma conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro Justin Trudeau e outros responsáveis oficiais.

Em paralelo, o Governo canadiano pretende disponibilizar mil milhões de dólares canadianos (643 milhões de euros) em ajuda humanitária e para o desenvolvimento na região do Médio Oriente.

No decurso da campanha para as legislativas de outubro de 2015, Trudeau defendeu o fim dos ataques aéreos.

"O inimigo letal da barbárie não é o ódio, mas antes a razão. E as populações aterrorizadas diariamente pelo ISIL [acrónimo do EI] não necessitam da nossa vingança, necessitam da nossa ajuda", considerou Turdeau no decurso da sua intervenção.

No entanto, uma sondagem recente indicou que cerca de dois terços dos canadianos apoiavam a missão de bombardeamentos, ou pretendiam que fosse alargada.

Com Lusa

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.