sicnot

Perfil

Mundo

Equipas de socorro de Taiwan retiram menina de 8 anos de escombros de edifício

As equipas de socorro de Taiwan retiraram hoje uma menina de 8 anos dos escombros de um complexo de apartamentos, em Tainan, cidade do sul do país atingida por um sismo de magnitude 6,4 no sábado.

reuters

As equipas de socorro tinham conseguido libertar dois outros sobreviventes, numa corrida contra o tempo para tentar encontrar mais de 100 residentes presos nas ruínas.

De acordo com as autoridades de Taiwan, 113 pessoas continuam ainda sob os escombros dos prédios que ruíram total ou parcialmente, na sequência do sismo, que causou, até agora, 38 mortos confirmados.

O fornecimento de eletricidade à maioria das 173 mil casas que ficaram sem energia já foi restabelecido, assim como algumas ligações ferroviárias.

Taiwan está próxima de duas placas tectónicas e é atingida com regularidade por abalos sísmicos.

Em junho de 2013, um abalo com magnitude 6,3 atingiu o centro da ilha e provocou quatro mortes e deslizes de terra generalizados.

Em setembro de 1999 um abalo de magnitude 7,6 provocou cerca de 2.400 mortos.

  • Portugal vai fechar fronteiras durante a visita do Papa

    País

    O Conselho de Ministros aprovou hoje a reposição temporária do controlo de fronteiras durante a visita do papa Francisco em maio a Fátima. A reposição do controlo de fronteiras decorrerá entre 00:00 de 10 de maio e as 00:00 de 14 de maio.

  • "Civis devem ser prioridade absoluta no Iraque", diz Guterres

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, chegou hoje ao Iraque para abordar a situação da ajuda humanitária, e pediu que a proteção dos civis seja a "prioridade absoluta" à medida que as forças iraquianas batalham para retomar Mossul.

  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42
  • E depois do Brexit?
    3:42
  • Britânicos a viver no Algarve falam em desilusão
    2:32

    Brexit

    Para muitos dos britânicos que vivem no Algarve, o Brexit é a confirmação de que o resultado surpreendente do referendo não tem retorno. Certificados de residência e até a dupla nacionalidade são questões que a partir de agora passam a estar em cima da mesa.