sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 40 mil pessoas estão a ser deixadas a morrer à fome no Sudão do Sul

Pelo menos 40 mil pessoas estão a ser deixadas a morrer à fome nas zonas de guerra do Sudão do Sul, alerta hoje um relatório das Nações Unidas, num apelo às forças rivais para que deixem entrar ajuda.

Sudão do Sul. (Arquivo/Reuters)

Sudão do Sul. (Arquivo/Reuters)

© Mohamed Nureldin Abdallah / R

Os dados divulgados no relatório da ONU revelam que a situação nunca esteve pior em dois anos de guerra civil, marcada por atrocidades e acusações de crimes de guerra, incluindo o bloqueio do fornecimento de alimentos.

As condições estão a piorar e cerca de 2,8 milhões de pessoas já precisam de ajuda, perto de um quarto da população do Sudão do Sul.

"Perto de 25% da população do país tem necessidade urgente de ajuda alimentar e pelo menos 40.000 pessoas estão à beira da catástrofe", disseram a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e o Programa Alimentar Mundial (PAM) num comunicado conjunto.

"As famílias têm feito tudo o que podem para sobreviver, mas estão a ficar sem opções", disse Jonathan Veitch, responsável da UNICEF para o país.

Adiantou que "muitas das áreas onde as necessidades são maiores estão fora de alcance devido à situação da segurança", assinalando ser "crucial" que as agências humanitárias tenham "acesso sem restrições".

Há um ano, a fome foi evitada após uma significativa intervenção das agências humanitárias.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.