sicnot

Perfil

Mundo

Satélite norte-coreano passou sobre estádio da Super Bowl

Uma hora depois do fim da Super Bowl, a final da Liga de futebol americano, um satélite norte-coreano passou por cima do estádio Levi Stadium, em Santa Clara, na Califórnia. A Coreia do Norte anunciou ontem o lançamento de um rocket de longo alcance, que peritos sul-coreanos estimam possa ter um alcance de mais de 10 mil quilómetros, uma distância superior à que separa a península coreana do território continental dos Estados Unidos.

Reuters

Pyongyang assegura que o lançamento foi bem sucedido e que colocou em órbitra um satélite espacial de observação terrestre.

O anúncio do regime de Pyongyang foi feito através da televisão estatal norte-coreana e, segundo a mensagem que foi lida por uma apresentadora, o "satélite de observação da terra Kwangmyong 4" está em órbitra.

De acordo com observadores norte-americanos, o satélite passou junto ao estádio da Super Bowl.

"Passou quase sobre Silicon Valley, que é onde estou e onde está o estádio. Julgo que não terá sido mais que uma coincidência, mas uma coincidência interessante", afirmou à AP Martyn Williams, do NORAD, Comando Aeroespacial norte-americano.

Pyongyand reclama o seu "direito legítimo" de "usar o espaço com fins pacíficos e independentes" e promete "lançar mais satélites no futuro", no seguimento da política de "dar prioridade à ciência e à tecnologia".

  • Pyongyang garante que lançou um satélite de observação terrestre
    2:45

    Mundo

    A Coreia do Norte lançou um foguetão de longo alcance mas nega que esteja a fazer testes com mísseis. Pyonyang garante que o foguetão transportava um satélite de observação terrestre que ficou em órbita e que a operação foi um sucesso. A comunidade internacional condena este lançamento e admite que se trata de mais um teste com armamento.

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07