sicnot

Perfil

Mundo

Sismo em Taiwan faz pelo menos 38 mortos

As autoridades de Taiwan revelaram hoje que há 38 mortos confirmados em Tainan, cidade do sul do país atingida por um sismo de magnitude 6,4 no sábado.

© Tyrone Siu / Reuters

Segundo os dados mais recentes, estima-se que 113 pessoas continuem ainda sob os escombros dos prédios que ruíram total ou parcialmente por causa do sismo.

O primeiro-ministro de Taiwan, Simon Chang, prometeu hoje continuar com as operações de resgate, que até agora conseguiram salvar 310 pessoas.

O fornecimento de eletricidade à maioria das 173 mil casas que ficaram sem energia já foi restabelecido, assim como algumas ligações ferroviárias.

Taiwan está próxima de duas placas tectónicas e é atingida com regularidade por abalos sísmicos.

Em junho de 2013, um abalo com magnitude 6,3 atingiu o centro da ilha e provocou quatro mortes e deslizes de terra generalizados.

Em setembro de 1999 um abalo de magnitude 7,6 provocou cerca de 2.400 mortos.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.