sicnot

Perfil

Mundo

Bactérias "vêem" como miniolho humano

Um grupo de cientistas descobriu como é que uma bactéria microscópica reage à luz e se movimenta em direção a ela - o microorganismo age como se fosse um "miniolho humano".

Sinclair Stammers/Science Photo Library

Apesar de ter apenas 3 micrómetros (0,003mm) de diâmetro, a bactéria em estudo usa os mesmos princípios físicos que uma câmara ou que o olho humano. É talvez, dizem os cientistas, a "lente" mais antiga e mais pequena do mundo.

As cianobactérias, entre elas a Synechocystis usada no estudo, são uma forma de vida abundante de muito antiga. Vivem na água e obtêm energia através da fotossíntese - daí gostarem da luz.

"As cianobactérias têm 2,7 mil milhões de anos, são mais velhas que qualquer olho animal. Presumivelmente, este mecanismo existe há muito tempo", explica Gaspar Jekely, um dos investigadores.

A investigação vem descrita na revista eLife e foi feita entre vários biólogos - do Reino Unido, Alemanha e até de Portugal. Os investigadores dizem que a descoberta aplicar-se-á também a várias outras espécies de bactérias.

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espirito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espirito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Porque abanam as bancadas
    9:37