sicnot

Perfil

Mundo

Bélgica, Luxemburgo e Holanda são os países na Europa que permitem a eutanásia

Bélgica, Luxemburgo e Holanda são os países na Europa que permitem a eutanásia

Em Portugal está lançado o debate sobre um eventual referendo à despenalização da eutanásia. Na União Europeia a morte assistida é permitida na Bélgica, Luxemburgo e Holanda. A prática é legal na Bélgica desde 2002 e em 2014 foi alargada a menores, passando a ser o único país onde adultos e crianças têm direito a morte assistida sempre em casos de doença terminal. Na Holanda o parlamento aprovou a despenalização da morte assistida em abril de 2002. E só sete anos depois é que o Luxemburgo aprovou a despenalização, mas para tal teve de alterar a Constituição para poder tirar poder de veto ao Grão-duque, que ameaçou não promulgar a lei. Na Colômbia e em alguns estados norte-americanos, a eutanásia é encarada como o direito a morrer com dignidade. Já na Bósnia ou na Sérvia, esta prática é punida como homicídio.

  • Legalização da eutanásia poderá ir a referendo
    3:23

    Eutanásia

    Está lançada a discussão sobre um eventual referendo à legalização da eutanásia. À Esquerda, PS e Bloco de Esquerda rejeitam a hipótese de referendo e o PCP não comenta. À Direita, o PSD admite uma reflexão sobre o tema e o CDS não fecha a porta ao referendo.

  • Legalização da eutanásia poderá ir a referendo
    3:23

    Eutanásia

    Está lançada a discussão sobre um eventual referendo à legalização da eutanásia. À Esquerda, PS e Bloco de Esquerda rejeitam a hipótese de referendo e o PCP não comenta. À Direita, o PSD admite uma reflexão sobre o tema e o CDS não fecha a porta ao referendo.

  • "A estratégia do PS antes das eleições ruiu completamente"
    29:15

    Luís Marques Mendes

    Luís Marques Mendes analisa, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite de domingo, as medidas do Orçamento do Estado, a reversão da privatização da TAP, os salários dos reguladores, a recandidatura de Passos Coelho à liderança do PSD, os resultados apresentados pela banca e o manifesto português pela eutanásia.

  • Manifesto pela eutanásia em Portugal
    2:22

    Eutanásia

    A eutanásia tem sido assunto tabu em Portugal. Surge agora um grupo organizado que defende a legalização da chamada morte assistida por médicos. O movimento lançou um manifesto que é assinado por políticos de partidos da esquerda e da direita, por médicos, advogados e muitos outras personalidades.

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57

    País

    Tondela foi um dos municípios mais atingidos pelo incêndio, deixando dezenas de animais feridos e perdidos no concelho. Várias clínicas veterinárias são agora um porto de abrigo e, em alguns casos, um ponto de encontro. Muitos dos animais chegaram recolhidos por voluntários e a maior parte dos casos são animais que, no momento de aflição, foram soltos pelos donos e salvos pelo instituto de sobrevivência.

  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31