sicnot

Perfil

Mundo

Bruxelas disponível para ajudar no acidente ferroviário na Alemanha

A Comissão Europeia (CE) manifestou hoje a sua tristeza perante o trágico acidente ferroviário registado hoje de manhã na Alemanha, mostrando-se disponível para prestar a assistência necessária.

© Michael Dalder / Reuters

A CE sublinhou estar a acompanhar, juntamente com a Agência Ferroviária Europeia (AFE), o caso da colisão frontal entre dois comboios que provocou nove mortos e mais de uma centena de feridos.

Os últimos números avançados pela polícia local falam em nove mortos e pelo menos duas pessoas que ainda não foram encontradas pelas equipas de salvamento, sendo uma delas o maquinista de um dos comboios.

As autoridades locais tinham já apontado a existência de mais de 50 feridos em estado grave.

O acidente ocorreu por volta das 06:00 locais (07:00 em Lisboa), na localidade Bad Aibling, no estado da Baviera, cerca de 60 quilómetros a sudeste de Munique.

No local, de difícil acesso para as equipas de salvamento, continuam equipas de resgate com ambulâncias e helicópteros para socorrer os feridos e transportar os casos mais graves para os hospitais, segundo a agência de notícias espanhola EFE.

O choque frontal dos dois comboios fez com que descarrilassem, não sendo ainda conhecidas as causas do acidente.

O grupo francês Transdev, empresa mãe da companhia Meridian, proprietária dos dois comboios que hoje estiveram envolvidos no acidente, já manifestou o seu choque com o acidente e anunciou o desejo de ver explicadas as causas da tragédia.

Lusa

  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.