sicnot

Perfil

Mundo

Infanta Cristina e Iñaki Urdangarin voltam a tribunal

A infanta Cristina de Espanha e o marido Iñaki Urdangarin regressaram hoje a tribunal. O casal voltou a sentar-se no banco dos réus para o retomar do julgamento, em Palma de Maiorca.

© Enrique Calvo / Reuters

A infanta, que hoje prestou testemunho, está a ser julgada por cumplicidade em crimes fiscais cometidos pelo marido e arrisca uma pena máxima de oito anos de cadeia.

Iñaki é acusado de vários crimes de fraude fiscal, tráfico de influências, branqueamento de capitais, prevaricação e falsificação de documentos e ainda de desviar 6 milhões de euros em dinheiros públicos.

Cristina é o primeiro elemento da família real espanhola a enfrentar um julgamento, desde que a monarquia foi restabelecida em 1975.

  • Infanta Cristina e o marido começam a ser julgados em Palma de Maiorca

    Mundo

    Começou hoje o julgamento do caso Noos que envolve a infanta Cristina de Espanha e o marido, Iñaki Urdangarín. Os dois chegaram esta manhã ao Tribunal de Palma de Maiorca. À porta estava instalado um grande aparato policial, com mais de 200 agentes. Esta é a primeira vez que um membro da família real espanhola se senta na cadeira dos réus.

  • Filipe de Espanha retira título de duquesa à irmã

    Mundo

    O rei Filipe de Espanha retirou hoje o título de duquesa de Palma de Maiorca à sua irmã Cristina, depois de um juiz espanhol decidir levá-la a tribunal por suspeita de cooperação em crimes fiscais. A Infanta Cristina manifestou a sua vontade em renunciar ao título e "está de acordo" com a decisão do irmão, assegurou o advogado.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.