sicnot

Perfil

Mundo

Twitter cria painel para lidar com abusos online

O Twitter vai criar um grupo para lidar e combater eventuais abusos feitos na rede social, como racismo, homofobia, violência inter religiosa, entre outros.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Dado Ruvic / Reuters

O Conselho de Segurança e de Confiança do Twitter terá como objetivo assegurar que a rede social é uma plataforma onde "qualquer pessoa, em qualquer lugar, se pode expressar em segurança e com confiança".

Do novo organismo farão parte vários advogados e colaboradores de organizações anti-abusos como a GLAAD ou a National Network to End Domestic Violence, bem como de agências de proteção de menores, grupos anti-racistas.

Os casos de abusos online têm vindo a crescer no Twitter, a par da incapacidade do mesmo de mitigá-los. O caso "Gamergate", entre a comunidade de fãs de videojogos, episódios de assédio sexual, de racismo e homofobia estão entre os mais comuns abusos na rede social.

A criação do novo conselho pretende remediar uma das menos desejáveis facetas do Twitter, apesar de um painel de conselheiros não ser, ainda assim, garantia de novas tentativas de violência online.

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira