sicnot

Perfil

Mundo

Papa inaugura Quaresma e envia sacerdotes pelo mundo para perdoar pecados

O papa inaugurou hoje a Quaresma com os ritos de Quarta-Feira de Cinzas e enviou sacerdotes para todo o mundo para absolver os pecados dos fiéis, incluindo os considerados mais graves pela Igreja Católica, como o aborto.

© Stefano Rellandini / Reuters

A basílica de São Pedro acolheu hoje a missa de Quarta-Feira de Cinzas, que tradicionalmente se celebrava no monte Aventino, uma das sete colinas de Roma, e durante a cerimónia, o papa Francisco atribuiu a mais de mil sacerdotes a missão de viajar pelas dioceses de todo o mundo.

Trata-se dos "missionários da misericórdia", e são uma das principais novidades do Ano Santo Extraordinário em curso.

Dos mais de mil sacerdotes, cerca de 700 estiveram hoje na missa, indicou o Vaticano, e a eles se dirigiu o papa durante a homília, recomendando-lhes que ajudem os fiéis "a abrir as portas do coração, ultrapassar a vergonha e não fugir da luz".

"Que as vossas mãos bendigam e incentivem os irmãos e as irmãs, que através de vós o olhar e as mãos do Pai pousem sobre os seus filhos e curem as suas feridas", disse.

Francisco concedeu-lhes a faculdade de absolver os pecados, incluindo aqueles que estão reservados à sede apostólica, ou seja, aqueles que só o papa ou os organismos designados pelo Vaticano podem perdoar.

Esses são os que implicam a excomunhão automática e são "apostasia, heresia, cisma, profanação da Eucaristia, atentado ou violência física contra o papa ou a ordenação de bispos".

Os missionários poderão também absolver o pecado do aborto, que, até agora, só o papa e os bispos podiam fazer, e a sua missão durará até terminar este período jubilar, a 20 de novembro próximo.

Ao inaugurar a Quaresma, o período em que os católicos se preparam espiritualmente para a Páscoa, o papa recomendou que estes sigam "três medicamentos que curam o pecado": a oração, a caridade e o jejum.

Durante a cerimónia, as cinzas foram benzidas e colocadas em primeiro lugar na cabeça do próprio papa que, ato contínuo, as aplicou na fronte dos membros do clero e dos fiéis que desfilaram à sua frente, no altar papal da basílica.

Na homília, Francisco falou do "mistério do pecado", dizendo: "Afastámo-nos de Deus, dos outros e de nós mesmos".

"Não é difícil darmo-nos conta: (...) como é árduo amar os outros, em vez de pensar mal deles; como nos custa fazer o bem, enquanto somos tentados e seduzidos por tantas realidades materiais, que desaparecem e depois nos deixam pobres", disse.

O papa manifestou o desejo de que "a Quaresma seja um tempo de "benéfica poda da falsidade, da mundanidade e da indiferença".

"Para não pensarmos que 'tudo corre bem, se me corre bem a mim'", argumentou.

"Que a Quaresma [sirva] para compreender que o que conta não é a aprovação, a busca do êxito ou do consenso, mas a limpeza do coração e da vida; e para encontrar a identidade cristã ou o amor que serve, não o egoísmo que nos serve", acrescentou.

Aos pés do altar papal, de onde Jorge Bergoglio oficiou a missa, estavam presentes os restos do Padre Pío de Pietrelcina e de São Leopoldo Mandic, dois santos capuchinhos muito venerados em Itália e que foram expostos no Vaticano no âmbito das celebrações do Jubileu.

Após a missa, as urnas de cristal contendo os restos de ambos foram transportadas em procissão pela nave central da basílica, para dar aos fiéis a oportunidade de os ver de perto.

Quinta-feira será o dia em que as relíquias empreenderão a viagem de regresso aos lugares em que tradicionalmente repousam, realizando-se, para tal, uma cerimónia de despedida do Vaticano.

Lusa

  • Mais de 50 concelhos do país em risco máximo de incêndio

    País

    Mais de meia centena de concelhos de dez distritos do país estão hoje em risco 'máximo' de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). De acordo com o IPMA, estão sob este aviso 51 concelhos dos distritos de Castelo Branco, Faro, Portalegre, Santarém, Coimbra, Leiria, Guarda, Vila Real, Viseu e Bragança.

  • "Ao contrário do que diz a direita, o futuro dos jovens é aqui"
    0:52

    Economia

    António Costa atacou esta sexta-feira à noite a direita com o aumento do emprego jovem. Perante vários jovens no acampamento nacional da Juventude Socialista, o secretário-geral do PS dirigiu-se ainda aos partidos de direita para garantir que o aumento do salário mínimo está a criar mais emprego com maior qualidade.

  • Uma viagem aérea por Pegões
    1:00
    Visão de Portugal

    Visão de Portugal

    DIARIAMENTE NO JORNAL DA NOITE

    O espaço Visão de Portugal, do Jornal da Noite da SIC, mostra o país através de imagens aéreas. A rubrica leva-nos esta sexta-feira a sobrevoar Pegões, no concelho de Tomar. 

  • Porto eleito pela terceira vez o melhor destino europeu 
    2:53

    País

    O Porto foi eleito o melhor destino europeu pela terceira vez e as distinções internacionais não param de chegar. Desta vez os elogios chegam através da norte-americana CNN. Os preços acessíveis, a gastronomia, a história e a arquitetura são os pontos da cidade que tem a rua com maior tráfego do país. 

  • Lisboa é o terceiro melhor destino de cruzeiros
    1:22

    País

    O Turismo em Lisboa tem registado um crescimento. A cultura, a arte e os preços baixos são os pontos fortes apontados pelos turistas. A capital é já considerada o terceiro melhor destino de cruzeiros. O novo terminal do porto de Lisboa e a ligação direta a Pequim deverão aumentar ainda mais o número de visitantes.

  • Ir ao Minho e a Sintra
    22:50
  • Líder da Palestina hospitalizado

    Mundo

    O Presidente palestiniano, Mahmud Abbas, de 82 anos, foi hospitalizado este sábado em Ramallah, na Cisjordânia, para se submeter a um "exame de rotina" durante algumas horas, anunciou um porta-voz.